Confira as atrações gastronômicas do Festival de Paracatu

O festival, que está recheado de sabores típicos da cidade, se encerra neste domingo (7).

Por Augusto Albertini*

O Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu começou no dia 3 de julho e está levando diversas atrações culturais e gastronômicas à região noroeste de Minas Gerais . O evento , além do festival de música a etapa de gastronomia exalta as comidas e os ingredientes locais através da feira, das oficinas e da praça de alimentação montada no Largo do Rosário.

Neste ano, dez restaurantes participam do Festival do Patrimônio Cultural. Os estabelecimentos criaram receitas especiais, sob consultoria do chef Edson Puiati, com ingredientes típicos da região, como limão, mel e abóbora cabotiá. Essas atrações gastronômicas também participam do Tour Gastronômico, um concurso culinário que vai eleger os melhores pratos do ano.

Ver Também: Expedição gastronômica ao Território da Mantiqueira – Parte II

Outro destaque do evento é a III Mostra Quintais e Quitandas, com iguarias tradicionais da culinária local, como queijadinhas, bolo de domingo, pães de queijo, desmamadas, pé de moleque e paçoquinha de baru, empadinha de pele fina, sucos vindos diretamente da agricultura familiar e diversas outras delícias.

Neste sábado (6) e domingo (7), ocorrem as últimas atrações do festival. Hoje (6) às 13h30, haverá a carreta gastronômica do Senac, com a oficina do sommelier Maicon Rodrigues, que ensinará os detalhes sobre a harmonização do vinho. Às 14h, o chef Luciano Avellar mostrará como se faz uma deliciosa broa cremosa de milho, sem glúten. Às 18h, o chef Eduardo Avelar participará do Chef Show, ensinando a preparar petiscos paracatuenses com linguiça artesanal, manteiga de Paracatu e cachaça de rapadura.

No domingo (7), apos o tradicional Café da Fidalga, o chef Eduardo Avelar participará de duas oficinas: na primeira, às 11h, preparando um delicioso mexidão cultural paracatuense com ingredientes da terra, e na segunda, entre 18h e 20h, ele estará junto à mestra Vânia, ensinando crianças de 8 a 10 anos a preparar uma empada de pele fina.

Outras informações, você confere no Facebook do Festival Cultural de Paracatu.

*Augusto Albertini
Jornalista e colaborador do Territórios Gastronômicos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
80
Article Categories:
Acontece