Hidromel – A bebida dos deuses

Por Lilian Trigolo e Paula Dias*

Ao longo dos séculos, o hidromel – uma bebida alcoólica tão charmosa e famosa na mitologia, resultado do mel de abelha fermentado combinado com água mineral – foi ganhando destaque e popularidade nas civilizações devido à sua fama de ser uma bebida sagrada pelos deuses e sendo consumido por milhares de anos.

Os gregos, por exemplo, a chamavam de bebida de Ambrosia ou Néctar, por acreditarem que o hidromel poderia prolongar a vida, aumentar a saúde, força, vitalidade e inteligência.

Veja Também: Cervejas de Inverno

Para os gregos, a bebida descia do céu como o orvalho, antes de ser reunida pelas abelhas. Já para os vikings, era a bebida predileta dos Deuses (e também deles, antes das batalhas). Os celtas acreditavam que um rio de hidromel atravessava o paraíso, enquanto os anglo-saxões consideravam a bebida como poesia, conhecimento e imortalidade.

Já no Brasil, segundo o relato de jesuítas, havia uma versão “tupiniquim” do hidromel, produzido com mel de abelhas nativas.

Sabe-se, por meio de muitas fontes da história antiga, que o hidromel era comum em todas as culturas antigas ao redor do mundo, incluindo toda a Europa, África e Ásia. É uma das bebidas alcoólicas mais antigas de todos os tempos, podendo ​​ser considerado como o ancestral de todas as bebidas fermentadas.

Segundo o professor Eduardo Francisco, parceiro e criador do Hidromel para a Grandpa Joel´s Coffee, a produção do hidromel é simples: apenas água, mel de qualidade e levedura (ou fermento). Porém, as variedades do mel determinam as características essenciais do produto final. Vale ressaltar que a demora do processo de produção dependerá da clarificação e da maturação, que é o período em que a bebida decanta o fermento e seus demais componentes e fica translúcida, adquirindo uma tonalidade clara e aprimorando o seu sabor com o tempo de maturação.

O professor também citou a importância na escolha da levedura para a definição do teor alcoólico e classificação da bebida como seco, suave, demi sec e licoroso, entre outros tipos. O resultado desta bebida incrível é um sabor marcante e floral, com teor alcoólico que varia normalmente de 5% a 20%.

Existem, no entanto, algumas variações no perfil do hidromel fermentado com frutas, como blueberry, morangos e maçãs. Todas as culturas dependentes da polinização de abelhas, honrando e apoiando a preservação e o bem estar das abelhas.

O mercado dessa bebida medieval e refrescante está em evolução devido ao interesse dos consumidores por bebidas exóticas, históricas e artesanais, e são muitas as menções do hidromel em obras literárias e filmes da cultura pop como em Harry Potter, Senhor dos Anéis, Game Of Thrones, além de games como na série de RPG The Elder Scrolls, colaborando para a difusão da bebida com drinks e experiências gastronômicas únicas.

*LilianTrigolo 
Formada em Administração de empresas com ênfase em Comércio Exterior, Colunista do Blog do Madeira e Jornal Folha de Varginha e Produtora de café

Instagram: liliantrigolo

*Paula Dias
Produtora de café, empresária, barista e CEO da Grandpa Joel’s Coffee 
Instagram: grandpajoelscoffee

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
6 0
Views:
366
Article Categories:
Ingredientes e Utensílios

All Comments