Quiche de Araruta e outras Panc’s

Aprenda uma deliciosa quiche com massa de araruta, recheio de taioba e pesto de azedinha.

Aprenda uma deliciosa quiche com massa de araruta, recheio de taioba e pesto de azedinha.

Receita do Território Gastronômico do Mucuri – MG

Por: * Deiliana Maia

Nasci no Município de Malacacheta – MG, no começo do Vale do Mucuri, e moro em Teófilo Otoni-MG há 10 anos.

Minha formação inicial é Bacharel em Sistemas de Informação, e atuei na área de TI por 8 anos até descobrir que minha verdadeira paixão era a gastronomia, foi ai que resolvi fazer o curso.

Sempre fui apaixonada pela cozinha, pois morava na zona rural com minha família.

Meu pai é agricultor e sempre tivemos uma relação muito bonita com a terra e o cultivo dos nossos próprios insumos.

Por viver em uma região de difícil acesso à grandes centros urbanos, era muito custoso adquirir certos ingredientes, o que nos levava a produzir tudo que consumíamos.

Nossos programas de família, especialmente nas férias escolares eram sempre voltados à produção de receitas e tudo aquilo que não tínhamos como comprar, pois não vendia na roça.

E assim, toda essa rotina foi despertando em mim um amor por cozinhar, por produzir meus ingredientes, por consumir sempre produtos naturais cultivados pelos meus pais e tios.

Em 2018 resolvi estudar gastronomia e hoje larguei minha carreira de professora de TI para viver exclusivamente da cozinha, gosto muito de estudar a área, ler, pesquisar e estar sempre me aprimorando.

Apesar de amar a cozinha quente, minha paixão é pela confeitaria, área onde quero me especializar e tentar da melhor forma possível valorizar através dos meus dotes o que nossa região do Vale do Mucuri, que é tão rica, tem de melhor.

Veja também: Culinária de Quintal, uma cozinha construída pela falta

RECEITA

QUICHE COM MASSA DE ARARUTA, RECHEIO DE TAIOBA, TOMATE CONFIT, QUEIJO PARMESÃO E MOLHO PESTO DE AZEDINHA PARA ACOMPANHAR

Massa:

– 200g de farinha de araruta

– 65g de manteiga gelada cortada em cubos

– 2 gemas

– 20ml de água gelada

– Sal a gosto

Modo de preparo:

Em um bowl coloque a farinha de araruta, a manteiga e o sal, com as pontas dos dedos incorpore a manteiga à farinha, até que toda a farinha tenha se misturado com a manteiga e não tenha mais nenhum cubinho. Reserve. Misture as gemas e a água batendo com um garfo, vá colocando essa mistura de gemas e água sobre a massa ao poucos ( pode ser que você não precise utilizar toda ela), vá colocando e misturando até sentir que a massa ficou homogênea e com uma textura de massa que se junte e vire uma bola. Envolva a bola de massa em um plástico filme e deixe descansar na geladeira por 30 min aproximadamente.

Recheio:

Tomate confit:

– 250g de tomate cereja

– 6 dentes de alho

– Sal a gosto

– Pimenta do reino a gosto

– Temperos a gosto (manjericão, orégano, pimenta calabresa, coentro, noz moscada, tomilho, alecrim, folha de louro… ervas de sua preferência)

– 250ml de azeite extravirgem

Modo de preparo:

Corte os tomates ao meio e disponha em uma assadeira, coloque os temperos, o sal e a pimenta, os dentes de alho e regue com o azeite, misture bem e leve para assar por aproximadamente 35 minutos e reserve.

Taioba:

– 150g de folhas de taioba lavadas e picadas

– 2 dentes de alho picado em moagem

– 20ml de azeite de oliva extravirgem

– Sal a gosto

– Pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Em fogo médio coloque em uma panela o azeite para aquecer, logo após acrescente o alho picado e deixe dourar, coloque a taioba e refogar até que murche, se for necessário coloque um pouco de água para ajudar no cozimento, mas não muita, pois a folha solta bastante suco. Coloque o sal e a pimenta do reino e deixe a taioba cozinhar uns 10 minutinhos. Reserve.

Creme:

200ml de creme de leite fresco

– 2 gemas

– 2 ovos inteiros

– Sal a gosto

– Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela coloque o creme de leite fresco e leve para ser aquecido em fogo baixo, não deixe ferver, apenas aqueça. Em um bowl coloque as gemas e os ovos e misture com um fouet ou garfo. Faça a temperagem colocando aos poucos o creme de leite quente na mistura de ovos, mexendo sempre para evitar que os ovos cozinhem, misture tudo até que esfrie.

Molho Pesto de Azedinha:

-100g de folhas de azedinha lavadas

– 50g de castanha de caju

– Sal a gosto

– 50g de queijo parmesão ralado

– 1 xícara de azeite de oliva extravirgem

Modo de preparo:

No liquidificador coloque todos os ingredientes e vá batendo no modo pulsar, aos poucos até que as folhas estejam totalmente trituradas, coloque mais azeite se achar necessário, acerte o sal ao seu gosto e reserve.

Montagem da quiche:

Em uma forma grande de fundo removível ou em formas menores de quiches ou empadas individuais colocadas dentro de uma assadeira, coloque a massa, espalhando a mesma sobre a forma com as pontas dos dedos, pressionando e não deixando excessos, acerte as laterais com uma faca se necessário.

Quando todas as formas estiverem cobertas, faça pequenas furos com a ajuda de um garfo no fundo da massa, para evitar que ela infle. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC e deixe pré-assar por aproximadamente 20 minutos, dependendo do forno, não deixe a massa dourar, pois ela vai assar novamente com o recheio e se ela dourar demais pode queimar e ficar amarga.

Retire a massa do forno, aguarde que esfrie um pouco e coloque o tomate confit, por cima coloque a taioba, queijo parmesão ralado (use a gosto)) e com a ajuda de uma leiteira ou uma colher vá acrescentando com cuidado o creme preenchendo a forminha sem que derrame nas laterais (essa parte é importante pois pode dificultar no momento de desenformar a quiche. Leve para o forno novamente e asse a 200°C ou até que o creme esteja totalmente firme e as bordas douradas.

Após assadas, aguarde um pouco para que você consiga desenformar a quiche sem se queimar, mas não deixe ela esfriar por completo. Sirva com o molho pesto de azedinha para acompanhar, alguns tomates confit e umas folhas frescas de manjericão.

*Deiliana de Souza Maia Raslan, Bacharel em Sistemas de Informação, Gastrônoma, apaixonada por cozinha e colaboradora dos Territórios Gastronômicos , do município de Malacacheta – TG Mucuri – MG

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
10 2
Views:
1187
Article Tags:
Article Categories:
Receitas