Cozinheiros em Ação – Reality escolhe o melhor cozinheiro

Chegou ao final mais um reality de gastronomia na TV. Cozinheiros em Ação apresentado no GNT trouxe como destaques cozinheiros amadores e suas receitas caseiras.

Chegou ao final mais um reality de gastronomia na TV. Cozinheiros em Ação apresentado no GNT trouxe como destaques cozinheiros amadores e suas receitas caseiras.

Por Isabel de Andrade*

A cozinha é território admirado por muitos. Profissionais e amadores se aventuram na química das panelas e mostram que têm uma relação de amor com a comida. A prova de que essa intimidade é um sucesso é a quantidade de realities culinários que atraem a atenção de tantos telespectadores na televisão. Um deles é o programa Cozinheiros em Ação, do GNT, que tem a proposta de testar cozinheiros amadores que são craques em comida caseira. E mais uma edição chegou ao fim depois de 13 semanas de competições.

Na disputa pelo prêmio de R$ 30 mil, Paulo e Ana Carolina. Os dois competidores tiveram trajetórias bem distintas. A Família Pessoa era formada pelo Paulo e a sogra, Isabel. A dupla se separou logo na primeira eliminação. Um caminho que mais parecia uma montanha russa. Só no fim da reta, Paulo conseguiu engatar vitórias e se firmar na competição.

Já a Ana Carolina e a mãe, Kátia, que formaram a Família Ferreira, conquistaram os jurados de cara. As cariocas dispararam na disputa. Quando a mãe foi eliminada do programa, Carol sentiu muito, mas conseguiu reencontrar o equilíbrio. Foi a primeira finalista do programa Cozinheiros em Ação.

O desafio final

A última prova da temporada foi preparar uma feijoada e um bolo em três horas. O Paulo disse que na última vez em que fez a receita há seis anos, o prato virou sal puro. Faltando menos de 15 segundos para terminar a prova, ele conseguiu desenformar o pudim e … ficou perfeito.

Veja Também: Aprenda a fazer o melhor pudim de leite condensado do mundo

Ao contrário das outras provas, Ana Carolina disse que chegou bem mais calma para a grande final. Faltando 40 minutos para terminar, ela cortou o dedo. Mas, não deixou o acidente atrapalhar a performance. Ana Carolina fez bolo de caipirinha molhado com cachaça e limão.

Na última degustação da temporada, jurados e participantes se sentaram à mesa para provar as receitas. O clima foi de alegria e despedida. Para os jurados, pesaram na avaliação a feijoada, os acompanhamentos e a sobremesa. Segundo Rusty Marcellini, as couves foram cortadas muito grossas. Já Dona Carmen e João Diamante gostaram. Os jurados também não foram unânimes quanto às farofas.

Dona Carmen não gostou da escolha da sobremesa de nenhum dos dois finalistas. Achou que poderiam ter proposto uma receita mais leve. Rusty achou inteligente a escolha da Carol por optar por um doce mais cítrico para contrastar com a gordura da feijuca. João também elogiou a criatividade da Carol, que desconstruiu a tradicional caipirinha para transformá-la em um doce.

Segundo o apresentador, o chef Thiago Castanho, foi difícil escolher o vencedor e os detalhes definiram quem estava na frente. E depois de 13 semanas, o grande campeão da temporada foi o Paulo, representando a Família Pessoa. Mas, a final nem teve sabor de disputa. O que prevaleceu mesmo foi o clima de amor, amizade e respeito entre os adversários. Viva a cozinha!

Fotos: Reprodução GNT

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
227
Article Categories:
Acontece