Vem aí o Festival Saberes e Sabores de Araxá

Saiba um pouco mais sobre um dos mais tradicionais eventos da gastronomia de Minas Gerais e do Brasil, que já levou à terra de Dona Beja chefs estrelados nacionais e internacionais e músicos de primeira linha no cenário internacional.

Saiba um pouco mais sobre um dos mais tradicionais eventos da gastronomia de Minas Gerais e do Brasil, que já levou à terra de Dona Beja chefs estrelados nacionais e internacionais e músicos de primeira linha no cenário internacional.

No próximo fim de semana, acontece mais uma edição do Festival Saberes e Sabores de Araxá.

Por Armando de Angelis*

Nos próximos dias 15 (feriado), 16 (sábado) e 17 (domingo), no Lago Norte do Barreiro, em frente ao Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, ocorrerá mais uma edição do Festival Saberes e Sabores de Araxá.

Um evento que reúne cultura e gastronomia em um só local que tem tradição e uma rica história.

Palco perfeito para o Festival Saberes e Sabores na terra de Dona Beja.
No Barreiro, ao fundo, seu imponente cartão postal, o Grande Hotel de Araxá.
Ao lado da igreja, a bela estrutura do evento.
Qualidade, segurança e conforto para os visitantes são importantes ingredientes sempre presentes no Festival de Araxá ( Foto Juliano Guerra)

Veja Também: Veja uma receita que fez história no Grande Hotel de Araxá

Antes sob a denominação “Festival Internacional de Cultura e Gastronomia de Araxá”, o evento tinha como objetivo resgatar e promover a cultura e a conhecida e requintada gastronomia de Araxá. Em 8 edições consecutivas , a partir de 2006, apresentou importantes atrações musicais, como Derico & Sindicato do Jazz, Swiss College Dixie Band, Pepeu Gomes, River’s Boat’s Jazz Band, Toninho Horta, Hermeto Pascoal, Donny Nichilo, Wagner Tisso, Igor Prado e convidados, entre outros, além das principais bandas locais. Na gastronomia apresentou grandes chefs em realizações de oficinas e festins, dentre eles: Ivo Faria, Eduardo Avelar, Luciano Boseggia, Christophe Besse, Sergio Arno, Ives Pinard, Vittorio Cerritelli, Montse Estuch, Marc Le Cornec, Jefferson Rueda, Emmanuel Bassolei, Laurent Suaudeu, Erick Jacquin, Claude Troigros, Janaina Rueda, Nádia Haron e Carlos Bertolazzi.

O Chef Claude Troisgros fez história no Festival de Araxá ( Foto: Arquivo Festival)
Grandes bandas também brilharam no Festival ( Foto Juliano Guerra)

Veja Também: Clube da Cozinha de Araxá – 26 anos de História

Após 8 edições, depois de cumprida parte de sua missão, o evento se dirigiu mais a promoção dos valores locais e regionais, passando a se denominar “Festival Saberes e Sabores de Araxá”, após o lançamento do livro de mesmo nome, de autoria de Armando de Angelis, apresentando atrações como Igor Prado e Tia Carrol, Vil Metal, Tiago Martins Quarteto, Alexandre Araújo e Trio, Old Friends, Nei Conceição Quarteto, além dos grupos teatrais Cia Uno e Cia Valentina. Na gastronomia, oficinas com chefs locais, do SENAC e convidados especiais, como  Edson Puaiti, Ederson Campos e Gilmar Borges, além de sessões de degustações harmonizadas de vinhos, cervejas artesanais e drinks de gin. Para aguçar o paladar, estandes de preparo e vendas de pratos dos principais restaurantes de Araxá, do Clube da Cozinha Araxaense e da Comitiva 100% Rural, cervejaria, wine truck e drinks de gin, cafeteria, brigaderia, sorveteria, quitutes e quitandas e tantas outras delícias de Araxá.

Erico de Angelis e os seus drinks ( Foto Juliano Guerra)

Em 2019, muitas novidades e novas experiências estarão à disposição de um público exigente e muito criterioso, honrando a fama das artes e da culinária de Araxá, não restrita apenas aos seus conhecidos queijos e doces.

*Armando de Angelis: Publicitário, Criador do Festival Internacional de Gastronomia de Araxá e Colaborador do Territórios Gastronômicos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.