Chef mineiro Djalma Victor foi um dos finalistas do programa Mestre do Sabor

Conheça a trajetória do chef mineiro que foi finalista do programa Mestre do Sabor, Djalma Victor. Ele ficou entre os quatro melhores cozinheiros do país que disputaram a competição.

Conheça a trajetória do chef mineiro que foi finalista do programa Mestre do Sabor, Djalma Victor. Ele ficou entre os quatro melhores cozinheiros do país que disputaram a competição.

Por Isabel de Andrade*

Quatro cozinheiros disputaram a final do reality show de culinária da TV Globo, Mestre do Sabor: Djalma Victor, Lui Veronese, Dudu Poerner e Gabriel Coelho. No último dia do programa, 26 de dezembro, os chefs passaram por duas provas. O grande vencedor foi Gabriel Coelho, que faturou o título, o prêmio de R$ 250 mil e um carro zero.

O representante de Minas, o chef Djalma Victor, construiu uma bela trajetória no programa e se destacou na competição. Ele garantiu a vaga para a final em uma prova que envolveu a utilização de PANCs, as Plantas Alimentícias Não Convencionais. Conquistou o seu lugar na estreia do programa com um prato que representa a gastronomia mineira, a Barriga de Porco, e passou a fazer parte do time de José Avillez.

O mineiro Djalma Victor ficou classificado entre os melhores cozinheiros do programa Mestre do Sabor (Foto: reprodução Instagram)

Djalma tem 35 anos. A paixão pela culinária foi despertada quando ele ainda era muito jovem. Ele conta que a avó era uma grande cozinheira e na casa dela tinha uma marmitaria. Foi nessa época que ele começou a ter contato com o universo da cozinha. E estar perto das panelas, segundo ele, é um jeito de se sentir próximo da família.

A relação do chef Djalma Victor com a culinária começou quando ele ainda era muito jovem (Foto: reprodução Instagram)

Antes de se dedicar à carreira como chef de cozinha, Djalma cursou a faculdade de Direito. Mas, não chegou a se formar. Ele se mudou para Lisboa, onde estudou gastronomia. Morou também na Espanha e começou a cozinhar profissionalmente aos 25 anos.

O chef Djalma Victor é proprietário de três restaurantes em Minas Gerais ( Foto: reprodução Instagram)

Nesses 10 anos de dedicação à gastronomia, se tornou também um grande empresário. Ele é proprietário de duas unidades do restaurante OssO, em Belo Horizonte e em Nova Lima, e inaugurou recentemente a Rotisseria Central, no Mercado Novo, na capital mineira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
788
Article Categories:
Chefs e Mestres