Os artistas têm as suas bebidas preferidas

Quem não gosta de tomar umas e outras em uma festa, um jantar ou uma reunião com amigos? Com os famosos, que também são pobres mortais como todos nós, não é diferente. E cada um tem a sua preferência. Confira.

Quem não gosta de tomar umas e outras em uma festa, um jantar ou uma reunião com amigos? Com os famosos, que também são pobres mortais como todos nós, não é diferente. E cada um tem a sua preferência. Confira.

Por Isabel de Andrade*

Johnny Depp

Foto: reprodução Instagram

Na ficção, Johnny Depp dá vida ao personagem Jack Sparrow, da franquia de filmes Piratas do Caribe. E o personagem, vamos combinar, é chegadinho em um rum. Mas, na vida real, o ator gosta mesmo é de beber um Bourbon.

Angelina Jolie

Foto: reprodução Instagram

Uma das atrizes mais talentosas de Hollywood, Angelina Jolie gosta de uma bebida tão forte quanto ela aparenta ser. A artista, que está em cartaz no Filme “Malévola: a dona do Mal”, tem uma queda pela tequila. E a preferência é pela bebida ouro, que ganha uma coloração dourada porque passa cerca de seis meses repousando em barris de carvalho.

Bono Vox

Foto: reprodução Instagram

O vocalista da banda U2, Bono Vox, nasceu em Dublin, na Irlanda. E olha, o irlandês gosta de tomar uma. O país, que é famoso pelos pubs, é considerado um dos que mais consomem cerveja no mundo. Mas, essa não é a bebida preferida do cantor. Ele gosta mesmo é do uísque Jack Daniel’s.

Rainha Elizabeth

Foto: reprodução Instagram

A rainha Elizabeth, da Inglaterra, adora umas bebidinhas. Aos 93 anos, a monarca mantém uma rotina que inclui drinks em quatro momentos do dia. Ela bebe gim e Dubonnet com uma fatia de limão e muito gelo antes do almoço. Durante a refeição, a rainha opta pelo vinho e depois saboreia um martini seco. À noite, ela toma uma taça de champanhe.

Hebe Camargo

Foto: reprodução Instagram

“Gracinha!” Hebe, a dona de um dos bordões mais famosos da televisão brasileira, também não dispensava uma bebida. E a preferência da loira era pela vodka. Mas, a apresentadora também tinha uma quedinha pelo gim, que hoje é considerado uma das bebidas da moda. A estrela da televisão brasileira, que lutava contra um câncer, morreu em 2012, vítima de uma parada cardíaca.

Raul Seixas

Foto: reprodução Instagram

Se tivesse que optar por uma bebida, o cantor Raul Seixas escolhia cachaça. Mas, ele também gostava de uísque e conhaque. O músico morreu em 1989, vítima de um ataque cardíaco, consequência do alcoolismo agravado pelo fato de que ele era diabético e não havia tomado a insulina na noite anterior à morte, o que provocou uma pancreatite aguda.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.