Bifes criados em laboratório

Carne de boi, frango, pato e peixe feita em laboratório. Essa é a novidade que deve chegar em breve à mesa do consumidor.

Carne de boi, frango, pato e peixe feita em laboratório. Essa é a novidade que deve chegar em breve à mesa do consumidor.

Por Isabel de Andrade*

O mercado se prepara para receber em breve uma novidade, a carne de laboratório. O produto já está sendo desenvolvido pela empresa norte-americana Memphis Meats, que fabrica carne de boi, frango, pato e tem planos para criar também a carne de peixe.

Carne de laboratório deve manter as mesmas propriedades nutricionais da carne convencional ( Foto: Pixabay)

A empresa garante que as propriedades nutricionais serão mantidas. A produção consiste no processo em que uma célula é retirada do animal e alimentada em um biorreator, o que leva à reprodução. É diferente da chamada carne de planta produzida por empresas como as norte-americanas Impossible Foods e Beyond Meat e a brasileira Fazenda do Futuro.

A soja é o principal ingrediente da carne suína vegana, fabricada pela Impossible Foods. Também é utilizada uma molécula de ferro chamada “heme”, que dá ao produto a aparência e o sabor da carne. A receita leva ainda óleo de girassol e de coco, aminoácidos, vitaminas e açúcares. É um produto desenvolvido prioritariamente para veganos ou vegetarianos.

Com a carne de laboratório, a proposta não é lançar no mercado uma alternativa de alimento livre de ingredientes de origem animal. A pegada dessa inovação é a sustentabilidade. A ideia é preservar solo e água que seriam usados na pecuária convencional.

Não é segredo para ninguém que a pecuária tem um grande impacto sobre o meio ambiente, já que provoca o desmatamento e afeta a camada de ozônio. A corporação que investe na carne de laboratório pretende evitar que novas áreas de pastagens sejam necessárias para que a produção atenda ao aumento da demanda em função do crescimento da população. “A missão da Memphis Meats é trazer uma carne deliciosa e saudável para a sua mesa por meio da criação por células em vez de animais”, explicam os representantes da startup.

Recentemente, a Memphis Meats recebeu um aporte de US$ 161 milhões feito pelos fundos SoftBank Group, Norwest Venture Partners e Temasek. Foi o maior investimento já recebido por uma startup que atua nesse tipo de mercado. Com o capital, a empresa pretende construir uma fábrica, contratar colaboradores e lançar o produto, porém a data ainda não foi divulgada.

Confira o teste de gosto feito pela empresa Memphis Meats.

Foto de capa: reprodução Memphis Meats

Leia também em Territórios Gastronômicos: Empresa de Bill Gates lança carne de porco vegana,

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
205
Article Categories:
Ingredientes e Utensílios