Uncategorized

Ressaca e dor de cabeça? Água e fruta nelas!

Por Luciana Hübner*

Em dias de folia, muita gente coloca o pé na jaca e abusa do consumo de bebida alcóolica. E um dos sintomas que mais aparecem no dia seguinte é aquela dor de cabeça. O que muita gente não sabe é que ela é provocada por um quadro de desidratação. “Além da ingestão de álcool, o carnaval acontece numa época de muito calor. A temperatura alta e o fato de que os foliões ficam na rua e suam mais que o normal aumentam a demanda do corpo por água”, explica a nutricionista Gláucia Gonçalves, especialista em nutrição funcional e fitoterapia.

Nutricionista Gláucia Gonçalves destaca a importância da hidratação no carnaval
(foto: divulgação)

Por isso, é preciso caprichar na hidratação. “Água, água de coco e frutas com grandes quantidades de água, como o abacaxi, o melão e a melancia, são ótimas opções para minimizar os efeitos das bebidas alcóolicas”, afirma. Ela alerta ainda para o consumo de bebidas prontas. “Refrigerante não hidrata. Suco com grande concentração de açúcar também não. Essas bebidas apenas vão fazer a pessoa ficar com mais sede, independente se ela ingerir a versão normal ou a diet”, detalha.

Frutas com grande concentração de água ajudam a hidratar (foto: Pixabay)

COMIDA DE VERDADE

Gláucia Gonçalves também indica que os foliões comam regularmente nos dias de festa. “É preciso ingerir carboidratos de ação prolongada, como a mandioca, a batata doce, o arroz integral, a baroa ou o inhame, que fazem com que a pessoa se mantenha com energia por um tempo maior”, aconselha. Arroz, feijão, verduras e legumes também devem compor o prato. “O fígado precisa de nutrientes para colocar o álcool para fora do corpo e evitar a ressaca”, afirma.

Comida de verdade deve fazer parte do cardápio de carnaval (foto: Pixabay)

CHÁS

Para quem pegou pesado na folia, a especialista indica alguns chás para aliviar a dor de cabeça. Chás amargos, como de boldo, carqueja e alcachofra são interessantes para aliviar a ressaca. Contra o inchaço, a indicação é o chá verde, de hibisco ou cavalinha. “Mas é preciso ter ciência de que a ingestão não deve passar de 2 ou 3 xícaras por dia e nunca deve ser feita por pessoas que fazem uso de medicamentos, para que não haja interferência no tratamento que já vem sendo feito”, alerta. E a dica para depois do carnaval é voltar à rotina o quanto antes. “É preciso voltar à rotina não só de alimentação como também de horários. Esse desequilíbrio atrapalha até questões hormonais”, destaca.

Chás ajudam a aliviar os sintomas provocados pelo álcool no organismo (foto: Pixabay)

Territórios Gastronômicos

Posts Recentes

Espetinho com papo suado e picles de jiló

Churrasquinho de pernil, farofinha e picles de jiló. Aprenda a preparar a receita.

3 horas atrás

Filé de frango ao molho de manga

Dê um sabor especial ao filé de frango.

2 dias atrás

Pipoca com caramelo

Prepare essa deliciosa pipoca com caramelo. Você vai adorar.

2 dias atrás

Segunda sem Carne: omelete com queijo Minas e cogumelos

Uma receita saborosa que não leva carne. Confira.

3 dias atrás

Pé de moleque Dona Lucinha

Uma receita incrível que leva apenas três ingredientes.

4 dias atrás

Churrasco: Costelinha no molho asiático

Receita elaborada pelo churrasqueiro José Almiro, apresentador do Churrasqueadas – o maior canal de receitas…

4 dias atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!