Buriti: A estrela das veredas gerando renda às famílias do sertão

Do norte de Minas chegou mais um colaborador do Territórios Gastronômicos, que vem nos apresentar de maneira poética os sabores e as riquezas de nosso sertão mineiro.

Do norte de Minas chegou mais um colaborador do Territórios Gastronômicos, que vem nos apresentar de maneira poética os sabores e as riquezas de nosso sertão mineiro.

* Por José Janser

O Sertão e as Veredas imortalizados por Rosa desde sempre estavam lá com sua gente, seus bichos e suas plantas. De longe os espiavam um céu repleto de estrelas e uma lua de brilho único. O sol neste Sertão é habitante.

Buritis – Foto Lucas Mourão Jaca Verde Panc

Vem das famílias tradicionais deste Sertão Norte-Mineiro o costume secular de se consumir o Buriti em suas mais variadas formas. Preservar estes costumes sem descaracterizar a regionalidade destes produtos tem sido um desafio diuturno para a Cooperativa Agroextrativista Grande Sertão*, que oferece aos consumidores o óleo e a farinha do Buriti. Um processo longo que nasce nas Veredas, cujos frutos habitam e descansam nos quintais de casas simples para depois serem artesanalmente transformados em raspas secas, desidratadas. Numa etapa final, a Cooperativa processa a raspa desidratada transformando-a em óleo (azeite) e farinha.

Cabe à nossa imaginação e habilidade agradar o nosso paladar.

Farinha de Buriti – Foto José Janser
Óleo de Buriti- Foto José Janser

* José Janser é natural de Araçuaí, Vale do Jequitinhonha-MG. Amante da boa comida, de boas amizades, boas prosas e boas músicas tem se dedicado atualmente, como hobby, à culinária regional com uso dos produtos característicos das comunidades rurais tradicionais, de onde nunca tirou os pés.

Mapa dos Territórios Gastronômicos – A Cooperativa Agroextrativista Grande Sertão tem sua sede no município de Montes Claros – Território Cerrado/ Pequi, mas atende produtores de todo o norte do estado de Minas Gerais

EA/TG – CERRADO/PEQUI

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.