Beijinho de Milho Verde: Receita fácil para fazer com as crianças

Aprenda outra receita gostosa e muito fácil, para divertir a criançada nesta quarentena. Mais uma jóia descoberta pelo projeto Sabores de Minas no norte de Minas, preparada pelas doceiras de Joaquim Felício.

Aprenda outra receita gostosa e muito fácil, para divertir a criançada nesta quarentena. Mais uma jóia descoberta pelo projeto Sabores de Minas no norte de Minas, preparada pelas doceiras de Joaquim Felício.

Beijinhos de Milho Verde

Da Série Doces dos Quintais de Minas*

Ingredientes:

  • 1 lata de milho verde em conserva (escorrido)
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho
  • Meia lata (medida na lata de leite condensado) de leite
  • Coco ralado e cravo-da-índia para finalizar

Material:

  • Forminhas de papel para doces

Preparo:

  • Bater os ingredientes no liquidi­ficador, exceto o coco e o cravo, e levar ao fogo.
  • Mexer até começar a desgrudar do fundo da panela.
  • Esperar esfriar e enrolar.
  • Passar no coco ralado, pôr nas forminhas
  • Finalizar colocando um cravo em cada docinho.

Doce combinação da felicidade

Missão quase impossível é pensar em festas de aniversário sem que venha à mente aquela mesa apinhada de docinhos. Acomodados em forminhas, os quitutes se apresentam com as mais tentadoras rou­pagens, colocando no mesmo patamar de gula adultos e crianças. Na lista das gostosuras, surgem clássicos como brigadeiro e cajuzinho, mas também podem dar o ar da graça nomes menos conhecidos, mas nem por isso de menor encanto.

É o caso do beijinho de milho verde, receita preparada por Elisiane Aparecida Ramos Costa, moradora da comunidade da Lagoinha, em Joaquim Felício. A receita é uma adap­tação do clássico doce de leite condensado e coco, que ganha cor mais amarelada e um paladar característico com o acréscimo do ingredien­te inesperado.

Se pairou no ar alguma dúvida quanto ao sabor, basta dizer que o doce foi campeão de um concurso de receitas típicas da cidade. Para comprovar seu valor, nada melhor que incluir a iguaria na lista da próxima festa.

*Receita fornecida por Elisiane Aparecida Ramos Costa, de Joaquim Felício-MG para o Projeto Sabores de Minas.

Fotos: Beto Magalhães: Sabores de Minas/EM

Doce combinação da felicidade

Missão quase impossível é pensar em festas de aniversário sem que venha à mente aquela mesa apinhada de docinhos. Acomodados em forminhas, os quitutes se apresentam com as mais tentadoras rou­pagens, colocando no mesmo patamar de gula adultos e crianças. Na lista das gostosuras, surgem clássicos como brigadeiro e cajuzinho, mas também podem dar o ar da graça nomes menos conhecidos, mas nem por isso de menor encanto.

É o caso do beijinho de milho verde, receita preparada por Elisiane Aparecida Ramos Costa, moradora da comunidade da Lagoinha, em Joaquim Felício. A receita é uma adap­tação do clássico doce de leite condensado e coco, que ganha cor mais amarelada e um paladar característico com o acréscimo do ingredien­te inesperado.

Se pairou no ar alguma dúvida quanto ao sabor, basta dizer que o doce foi campeão de um concurso de receitas típicas da cidade. Para comprovar seu valor, nada melhor que incluir a iguaria na lista da próxima festa.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: O município de Joaquim Felício está localizado no Território do Cerrado/Serra do Cabral

EA/TG – CERRADO/SERRA DO CABRAL

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.