Broinhas de Amendoim

Aprenda mais uma deliciosa receita de família, enviada pela quitandeira Lais Helena, que aprendeu com sua bisavó na cidade de Uberlândia-MG..

Aprenda mais uma deliciosa receita de família, enviada pela quitandeira Lais Helena, que aprendeu com sua bisavó na cidade de Uberlândia-MG..

Da Série Quintais e Quitandas de Minas*

Broinha de amendoim

Ingredientes:

Para a broinha:

  • 1 kg de amendoim torrado e moído
  • 300 g de açúcar cristal
  • 200 g de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 6 ovos

Para glaçar:

  • 1 kg de açúcar cristal
  • Água

Preparo:

  • Em um recipiente, juntar farinha de trigo, açúcar e amendoim.
  • Misturar bem. Pôr fermento e a pitada de sal.
  • Pôr os ovos, um a um, misturando a massa com as mãos.
  • Quando estiver homogênea, fazer bolinhas do tamanho que desejar.
  • Assar em forno pré-aquecido (200 graus).
  • O tempo depende do forno e de quanto se pretende dourar a broinha.
  • Para glaçar, por em uma panela o açúcar, com água até cobrir.
  • Deixar no fogo até a calda começar a repuxar, como uma goma.
  • Mergulhar as broinhas na calda. Retirar e deixar secar.

    *Receita fornecida por Lais Helena, de Uberlândia para o Projeto Sabores de Minas
Fotos Renato Weil/EM

Delicadeza saborosa

Os costumes das sobremesas e chás franceses foram parar em Uberlândia para ganhar um toque mineiro. Em busca de um trabalho que dependesse somente dela, a ex-microempresária Lais Helena fechou a padaria que tinha para trabalhar com petit fours, iguarias de inspiração francesa. Hoje, a vida dela é fazer com carinho cada detalhe de seus produtos. E bota detalhe nisso! O formato do biscoitinho de nata, os minúsculos pãezinhos de mel e os casadinhos modelados com perfeição são testemunhas.

É uma arte delicada e saborosa, na qual Lais exercita os costumes da família, fazendo jus à condição de filha de doceira de mão cheia. De tanto ver as mulheres da família cozinhando, ela acabou se aventurando no fogão e agora ensina a receita que marcou o início da própria história: a broinha de amendoim. Transmitida pela bisavó, foi a delícia que levou Lais a mudar de vida e a se dedicar à cozinha.

Depois, vieram as bolachas recheadas de chocolate, cokies, sequilhos e um monte outras gostosuras. A dona dos petit fours mais conhecidos de Uberlândia aproveita a fama da mãe e prova seu talento. É por isso que as encomendas não param de chegar.

Mapa dos Territórios Gastronômicos: O município de Uberlândia está localizado no Território Cerrado/Rio Paranaíba

EA/TG – CERRADO/RIO PARANAÍBA

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.