Brevidade de Rapadura: Tradição de Gerações

Mais uma delícia dos Quintais e Quitandas de Minas Gerais.
Conheça a brevidade de rapadura, uma receita de família enviada pela Armelinda da Silva, do município histórico de Matias Cardoso localizado às margens do Velho Chico, no extremo norte de Minas Gerais

Mais uma delícia dos Quintais e Quitandas de Minas Gerais.
Conheça a brevidade de rapadura, uma receita de família enviada pela Armelinda da Silva, do município histórico de Matias Cardoso localizado às margens do Velho Chico, no extremo norte de Minas Gerais

Brevidade de rapadura

Da Série Quintais e Quitandas de Minas*

 Marcos Michelin
Marcos Michelin

Ingredientes:

  • 650g de rapadura raspada
  • 900g de polvilho doce
  • 10ovos
  • 1colher (sopa) de bicarbonato
  • 3colheres (sopa) de óleo
  • 1colher (sopa, cheia) de cravo moído e canela em pó misturados
  • 1pitada de sal

Material:

  • Fôrmas redondas para bolo ou pudim

Preparo:

  • Bater, no liquidificador, os ovos e a rapadura.
  • Despejar a mistura em uma vasilha e juntar o óleo, o polvilho, o bicarbonato, o cravo com a canela e o sal.
  • Bater na batedeira até obter uma massa firme.
  • Untar a fôrma e despejar a mistura.
  • Levar para assar por cerca de 30 minutos em forno pré-aquecido.
  • Rende quatro brevidades.

*Receita fornecida por Armelina da Silva, de Matias Cardoso para o Projeto Sabores de Minas

O gosto da persistência

 Marcos Michelin
Marcos Michelin

Quem vê o sorriso de Armelina da Silva, em Matias Cardoso, nem imagina as dificuldades que ela atravessou no passado. Recanto para filhos, amigos e netos, sua casa está sempre de portas abertas para as visitas. Já passei até fome. Lembro-me que usei todas as minhas roupas para cobrir os meus filhos e só restou o vestido de casamento, conta. Mas essa triste história ficou para trás e hoje, graças aos dons culinários da mineira, só há espaço para alegria.

Uma das quitandas preparadas e vendidas por ela vem de uma receita do avô e chama a atenção pela criatividade e aroma especial. A brevidade de rapadura, além da aparência apetitosa, é, segundo a própria cozinheira, fonte de saúde. A rapadura ajuda a ralear o sangue, acredita. Para os que não querem brigar com a balança, Armelina garante que a brevidade não engorda. Não é igual a bolo, que tem massa.

É uma receita leve. Além da originalidade do prato, o que faz com ele seja tão bem falado na cidade é o prazer com que Armelina o prepara. Adoro cozinhar, até se for para fazer só arroz e feijão, diz. O capricho também é notado nos utensílios domésticos. As panelas, de tão bem-areadas, são como espelhos. Cuidados que a boa cozinha pede e o paladar agradece.

Mapa dos Territórios Gastronômicos: O município de Matias Cardoso está localizado no Território Cerrado/Sertão Veredas

EA/TG – CERRADO/SERTÃO VEREDAS

Veja mais receitas de Quitandas de Minas Gerais: Bolo Toalha Felpuda

Biscoito Doce de Fubá e Polvilho

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.