Frango com creme de milho: receita fácil com sabor de aconchego

Uma receita muito simples de preparar e aconchegante. Ótima para aquecer o corpo e a alma nesse tempinho de frio

Uma receita muito simples de preparar e aconchegante. Ótima para aquecer o corpo e a alma nesse tempinho de frio

Frango com creme de milho

Por: Sérgio Nepomuceno


Ingredientes:

Para o frango

– 2 kg de frangoem pedaços

– 2 colheres (sopa, rasas) de sal

– 1 pitada depimenta-do-reino

– 1 colher (café) de alho picado

– 2 cebolas raladas(no ralo grosso)

– 2 colheres (sopa) de óleo

– 2 copos (tipo americano)de água

– 2 folhas de louro

– 1 pimenta-dedo-de-moça

– 1 colher (sopa) de massa de tomate

Para o creme

– 5 espigas de milho(só os grãos)

– 2 copos (tipo americano)de leite

– Sal a gosto

Finalização

– 1 xícara (chá) de muçarela ralada

Preparo:

O frango

Temperar o frango com sal, alho e pimenta-do-reino. Em uma panela, dourar a cebola e pôr os pedaços de frango. Acrescentar os dois copos de água, folhas de louro e pimenta-dedo-de-moça. Deixar cozinhar. Depois de cozido, reservar o caldo, desossar o frango e cortá-lo em lascas. Colocá-las no caldo e acrescentar a massa de tomate. Levar ao fogo, até formar um caldo consistente.

O creme

Bater no liquidificador o milho e o leite. Coar e desprezar o bagaço. Levar ao fogo e cozinhar até engrossar. Temperar com sal. Reserva

Finalização

Em uma travessa grande, despejar o frango, juntamente com o caldo. Cobrir com o creme e salpicar muçarela ralada. Levar ao forno pré-aquecido, até que o queijo doure

  • Receita fornecida por Sergio Nepomuceno de São Gonçalo do Rio das Pedras, distrito do Serro, para o Projeto Sabores de Minas



Criatividade da senzala

Quando chegou a São Gonçalo do Rio das Pedras, vindo de Curitiba, Sérgio Nepomuceno ouviu uma história que o marcou: os escravos que iam para o garimpo percorriam longos trechos em declive e, por isso, não podiam levar comida. Assim, arranjaram uma solução: em uma calha, colocavam rapadura, queijo e angu duro. Esses alimentos sólidos escorriam facilmente calha abaixo. Depois de conhecer a história, Sérgio não teve dúvida: seu restaurante recebeu o nome de Angu Duro.

Ele, que já morou em Fortaleza, BH e Rio de Janeiro, diz que não há lugar igual a São Gonçalo do Rio das Pedras. “Aqui, temos a natureza, tranqüilidade e sossego”, garante. Sua mãe, que também já morou em muitos lugares, ensinou a ele uma receita goiana, que tem cara e sabor de Minas. “Acho que é mais mineiro”, aposta. O frango com creme de milho, salpicado com queijo ralado, é colírio para os olhos.

Bem temperado e suculento, o prato arranca suspiros e satisfaz os mais exigentes. Perfeito. A decoração rústica e tipicamente mineira do restaurante é convidativa. Nas paredes, artesanato regional. Sobre a mesa, descansos de prato feitos com capim baba-de-bode, planta típica da região. No balcão, cachaça. No canto, o fogão a lenha. Impossível não se sentir em casa.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: O município do Serro está localizado no Território Espinhaço/Garimpo

EA/TG – ESPINHAÇO/GARIMPO

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
2 0
Views:
680
Article Categories:
Receitas