Meu caderno de receitas: biscoitos da dona Graça

Na série especial “Meu caderno de receitas: memórias afetivas”, a professora de Gastronomia Rosilene Campolina vai compartilhar a receita do biscoito de polvilho que a mãe dela, dona Graça, costumava preparar. Confira.

Na série especial “Meu caderno de receitas: memórias afetivas”, a professora de Gastronomia Rosilene Campolina vai compartilhar a receita do biscoito de polvilho que a mãe dela, dona Graça, costumava preparar. Confira.

Por Isabel de Andrade*

Meu caderno de receitas: memórias afetivas

Foto: divulgação

Por Rosilene Campolina, professora de Gastronomia

A professora de gastronomia Rosilene Campolina se lembra bem dos domingos em que a mãe, dona Graça, preparava o biscoito de polvilho doce. Era dia de comer a iguaria servida junto com aquele cafezinho gostoso. Essa é daquelas lembranças carregadas de saudades e afeto. A receita está lá, no caderno da chef e vai ser compartilhada com o leitor de Territórios Gastronômicos. Para saber mais sobre essa história de afeto envolvida no preparo do biscoito de polvilho acesse o vídeo.

Biscoito de polvilho doce da Dona Graça

Ingredientes:
2 xícaras de polvilho
2 ovos
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de água
Sal
1 pitada de açúcar

Modo de preparo:
Misture o açúcar no polvilho.

Escalde com óleo, água e sal quente. Vá misturando.

Coloque os ovos de acordo com a consistência para que fique no ponto de enrolar.

Enrole os biscoitos.

Frite na gordura mais ou menos fria.

Dona Graça e seus biscoitos fritos

Serviço:
Instagram: @rosilene_campolina e @portalchefachef
Site: chefachef.com.br

Leia também:

Bolo de fubá Papa Bento XVI

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.