Fígado com jiló: o petisco símbolo do Mercado Central de BH em nova versão

Aprenda a preparar um dos tira-gostos mais tradicionais de Belo Horizonte, o fígado com jiló. A versão gourmet é de autoria da professora de gastronomia, Rosilene Campolina.

Aprenda a preparar um dos tira-gostos mais tradicionais de Belo Horizonte, o fígado com jiló. A versão gourmet é de autoria da professora de gastronomia, Rosilene Campolina.

Por Isabel de Andrade*

O fígado com jiló é um tira-gosto que se tornou a marca registrada de um dos maiores pontos turísticos da capital mineira, o Mercado Central. Em julho deste ano, a iguaria foi parar até no Guinness Book em função do feito realizado durante o Festival Cultural do Mercado Central em 2018. Na ocasião, um batalhão de chefs se reuniu para preparar a maior chapa de fígado com jiló do mundo. A chef e professora de gastronomia Rosilene Campolina fez parte da equipe. Aprenda com ela a preparar a versão gourmet do prato.

Fígado com jiló gourmet

Receita: aprenda a preparar a versão gourmet do fígado com jiló ( Foto: divulgação)

Ingredientes:
1 kg de fígado picado em tiras ou pedaços
8 jilós
Tempero de alho e sal
Suco de limão
Vinagre
Sal
4 cebolas branca picada em rodelas
5 dentes de alho
Pimenta dedo-de-moça
Manteiga para cozinhar
Açúcar mascavo
4 cebolas roxas picadas em rodelas
Vinho de jabuticaba

Modo de preparo:
Comece descascando o jiló e pique em quatro pedaços, tipo meia-lua. Coloque na água com sal e vinagre e deixe por cerca de 15 minutos.

Agora, refogue o alho com azeite em uma panela e coloque o jiló, com um pouco da água e cheiro-verde. Deixe cozinhar até ficar macio, em fogo baixo com a panela parcialmente fechada.

Enquanto isso, tempere o fígado que, neste caso, foi cortado em triângulos, com um pouco de alho e flor de sal. Reserve.

Coloque em outra panela a cebola roxa picada, um pouco de açúcar mascavo e uma colher de manteiga. Coloque um pouco de vinho de jabuticaba e deixe cozinhando em fogo baixo para caramelizar.

Finalize o jiló, que vai ser processado até ficar sem pedaços e voltar para a panela, onde ficará aquecido. Com a frigideira quente e um fio de azeite, sele o fígado dos dois lados até ficar quase no ponto. Depois de selado, coloque um pouco de vinho de jabuticaba e termine o cozimento. Nessa hora, você pode ajustar o tempero com pimenta-do-reino e flor de sal.

Aí é só montar o prato. Na receita, a chef enfeitou com geleia de pimenta dedo de moça.

Serviço:
Instagram: @rosilene_campolina
Site: chefachef.com.br

Fígado com jiló é um dos tira-gostos mais tradicionais da capital mineira ( Foto: divulgação)

Leia também:

Chapa mineira de fígado com jiló vai para o Guinness Book

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments