Curiosidades

Churrasco: dicas para salgar as carnes

Como salgar a carne para o churrasco

Por: José Almiro*

Uma das dúvidas frequentes que o mestre José Almiro recebe em seu canal é sobre sal para assar a carne: se deve ser feita antes de ir para a grelha ou depois de pronta.

O churrasqueiro José Almiro é apresentador do maior canal do país de receitas de churrasco nas redes sociais e responde a este respeito com alguns esclarecimentos e dicas:

1. É possível sim salgar a carne antes ou após assada. De acordo com ele, é uma questão de gosto.

2. Tipos de sal mais comuns para churrasco: o sal fino, o grosso, o entre fino (sal de parrilla) e flor de sal. Existem as variações como o sal do himalaia, que se encontra tanto fino como grosso também. O sal grosso é para temperar peças grandes e antes de ir para a churrasqueira. Já os outros, podem temperar a carne antes ou depois de assadas. O sal grosso é recomendado para peças grandes e inteiras como costela, por exemplo, peças que vão ficar um tempo maior na churrasqueira. Os demais, são para peças menores ou em bifes.

3. Quando vai assar uma carne, muitos dizem que se salgar antes, a tendência é desidratar a carne, mas segundo o churrasqueiro, isso é mínimo e imperceptível a perda de líquido e suculência. “A não ser que se coloque muito sal e deixe por muito mais tempo na carne”, comenta. José Almiro recomenda salgar na hora que for levar a carne para a churrasqueira. Caso queira colocar o sal depois de assado, então deve-se usar o sal de parrilla ou fino, e não sal grosso. A vantagem de salgar depois da carne assada e cortada em tirinhas é que o sal espalha sobre todos os lados, e não somente na parte exterior quando se salga antes.

4. A quantidade de sal na peça também depende muito do tipo que será usado e a carne que será assada. José Almiro explica que o sal grosso adere menos na carne, diferente de um sal mais fino, como o de parrilla. “Por isso, quando usar um sal mais fino, use bem menos do que usaria o sal grosso. E a quantidade é a gosto”, ressalta o churrasqueiro. O momento do uso do sal pode variar com a preferência. Normalmente, a carne de frango, cordeiro e a suína, costuma-se temperar antes, e até com uma certa antecedência, para que o tempero penetre mais na carne. Já o peixe, como é uma carne mais delicada, pode ser temperada antes ou depois. No caso de uma picanha, por exemplo, é possível usar o sal grosso para temperar a picanha inteira, mas com o sal de parrilla há mais controle sobre a quantidade e a possibilidade de corrigir o sal depois de assado.

CHURRASQUEADAS

@churrasqueadasoficial

VEJA TAMBÉM: Mitos e Verdades Sobre o Sal do Himalaia

Territórios Gastronômicos

Posts Recentes

Segunda sem Carne: suflê de couve-flor

Embarque na dica de hoje, que é uma receita que não leva carne.

20 horas atrás

Aperol Spritz: dica de drink

Aprenda a preparar um drink super refrescante.

2 dias atrás

Pão com Linguiça: Harmonizando com Cerveja

Uma receita simples e deliciosa, o famoso pão com linguiá das paradinhas das estradas brasileiras,…

2 dias atrás

O biscoito de polvilho mais gostoso do mundo

Aprenda a preparar o autêntico biscoito de polvilho da roça.

3 dias atrás

Bolo de chocolate: Para qualquer ocasião

Confira essa receita simples e deliciosa de bolo de chocolate, oferecida pela Tramontina.

3 dias atrás

Queijão quente do chef Felipe Bronze

Aprenda a preparar essa versão do queijo quente.

4 dias atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!