Minas 300 anos: angu branco com bertalha, outra jóia histórica das nossas cozinhas

Conheça mais uma jóia da culinária histórica de Minas Gerais, o angu branco com bertalha, preparado com o o fubá branco, um dos símbolos das Identidades Gastronômicas da região da Mantiqueira . A receita é preparada com a Bertalha, outra deliciosa e nutritiva hortaliça Panc dos Quintais de Minas Gerais.

Conheça mais uma jóia da culinária histórica de Minas Gerais, o angu branco com bertalha, preparado com o o fubá branco, um dos símbolos das Identidades Gastronômicas da região da Mantiqueira . A receita é preparada com a Bertalha, outra deliciosa e nutritiva hortaliça Panc dos Quintais de Minas Gerais.

Angu branco com bertalha

Da Série: Receitas históricas de Minas Gerais*

Ingredientes:

– 1 litro de água

– 2 copos (tipo americano) de fubá branco

– Sal a gosto

– 200 g de carne bovina moída

– 3 colheres (sopa) de óleo

– 1 colher (sopa) de extrato de tomate

– Tempero a gosto

– Queijo-de-minas ralado

– 1 molho de bertalha

– Caldo de galinha ou de carne

Preparo:

Para o angu, levar a água ao fogo com o sal. Quando começar a ferver, pôr o fubá, previamente dissolvido na água fria, e mexer até engrossar. Despejar em uma travessa. Em duas colheres (sopa) de óleo, refogar a carne moída com tempero. Quando começar a dourar, pôr o extrato de tomate e um pouco de água, apenas para encorpar o refogado. Cobrir o angu com a carne e salpicar queijo ralado. Retirar as folhas da bertalha dos talos e lavar.
Rasgar e refogar no restante do óleo, com um pouco de caldo e sal. Retirar logo que as folhas começarem a murchar. Servir como acompanhamento do angu.

MINAS 300 ANOS: Clique aqui e veja uma versão da receita de Peixe com Abóbora, uma herança dos índios Cariris, que conta a história das cozinhas de Pirapora, cidade localizada às margens do Rio São Francisco, no Território do Cerrado mineiro:

 

(foto: Juarez Rodrigues/EM)
Angu Branco com Bertalha e Carne Moída

*Receita fornecida por Guimar e João Argentino Nogueira da comunidade rural do Retiro em Baependi para o Projeto Sabores de Minas

(foto: Juarez Rodrigues/EM)
(foto: Juarez Rodrigues/EM)

Mesa farta de valores

Não há lugar melhor para se conhecer a cultura gastronômica de um lugar do que as feiras livres. Expostas nas bancas dos feirantes, as frutas, verduras e hortaliças enchem os olhos e colorem a paisagem, atraindo quem não é da terra com seus nomes e formas desconhecidas. Em Caxambu, João Argentino Nogueira é um dos responsáveis, há décadas, por levar o que a roça tem melhor para a gente da cidade. Em sua barraca há de tudo um pouco.

Com sua prosa tranquila, João fala aos visitantes sobre cada produto e elege os favoritos na mesa. Entre eles, há dois que se casam perfeitamente no fogão: o fubá branco e a bertalha, uma hortaliça que lembra, na aparência, o espinafre. Em sua casa, na comunidade rural do Retiro, pertencente a Baependi, a 380 quilômetros de BH, a esposa, Guiomar, prepara as iguarias com aquela simplicidade digna de encantamento.

No velho fogão a lenha, o angu branco ganha o ponto e a bertalha refogada perfuma o ambiente. Enquanto saboreia o prato, João recorda sua trajetória de labutas e orgulha-se de ainda trabalhar duro aos 74 anos. “Aos domingos, me levanto às 2h para ir à feira. Hoje vamos de carro ou carroça, mas antigamente eu ia a pé para Caxambu, carregando o cesto de verduras.” Histórias que enchem a mesa e ficam guardadas na memória.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: O município de Baependi está localizado no Território Mantiqueira/Sul Suíça

EA/TG – MANTIQUEIRA/SUL SUÍÇA

VEJA MAIS RECEITAS QUE CONTAM A HISTÓRIA DE MINAS GERAIS

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.