Costelinha suína caramelizada na rapadura e cachaça

Na série Natal com os Chefs, o Mercado Central recebeu o chef Edson Puiati. Ele ensinou a preparar a costelinha suína acompanhada de uma fritada de baroa.

Na série Natal com os Chefs, o Mercado Central recebeu o chef Edson Puiati. Ele ensinou a preparar a costelinha suína acompanhada de uma fritada de baroa.

Por Isabel de Andrade*

O chef Edson Puiati, professor de gastronomia do Centro Universitário UNA, em Belo Horizonte, deu uma volta pelo Mercado Central, um dos mais importantes pontos turísticos da capital mineira, para selecionar os ingredientes usados na receita da costelinha suína caramelizada na rapadura e cachaça. Ele ainda escolheu os ingredientes para ensinar a preparar uma fritada de baroa.

Puiati foi mais um convidado especial da série Natal com os Chefs, uma iniciativa do Mercado Central em parceria com o Projeto Aproxima. Para o chef, o Mercado é lugar de cultura, lazer, amizade e Minas Gerais. E a cozinha? “A cozinha é um ambiente de muita sabedoria, técnica e memórias afetivas”, diz o chef.

Chef Edson Puiati percorre os corredores do Mercado Central para escolher os ingredientes para a receita ( Foto: reprodução Instagram)

Confira a receita e veja o passo a passo no vídeo.

Costelinha caramelizada com fritada de baroa

Foto: reprodução Instagram

Ingredientes:
1kg de costelinha suína com osso em pedaços de 4cm
Sal temperado com pimentas e especiarias
1 limão rosa ou cravo
2 ramos de tomilho

Para a fritada de baroa:
600g de baroa descascadas e fatiadas
40g de manteiga ou gordura de porco
30g de alho picado
50g de cebola picada
1 maço de cebolinha picada
3 ovos batidos
60g de requeijão cremoso
100g de queijo curado ralado

Para o molho de rapadura:
50g de manteiga ou gordura de porco
20g de alho picado
40g de cebola picada
40g de rapadura
20ml de vinagre balsâmico tinto reduzido (crema)
60ml de cachaça de amburana

Modo de preparo:
Tempere a costelinha com sal, limão.

Leva para a panela e refogue com um pouquinho de gordura ou manteiga. Coloque o tomilho em cima. Faça o método pinga e frita, ou seja, coloque um pouquinho de água, deixe fritar e vá repetindo o processo até que a carne fique dourada e cozida.

Método pinga e frita, ensinado pelo chef Edson Puiati ( Foto: reprodução Instagam)

Quando a carne estiver pronta, coloque em outro recipiente e reserve a panela onde será preparado o molho de rapadura.

Em uma panela, coloque a manteiga, o alho e a cebola picada.

Acrescente as fatias de baroa, que vai cozinhando na própria umidade da batata.

Quando estiver pronto, leve o refogado para outro recipiente, acrescente o ovo batido e mexa.

Coloque a fritada em uma frigideira e finalize com requeijão em barra ou requeijão cremoso e queijo curado ralado.

Montagem da fritada de baroa ( Foto: reprodução Instagram)

Hora de preparar o molho. Use a panela onde a costelinha foi preparada para você aproveitar a borra do fundo da panela.

Frite o alho e a cebola na manteiga ou gordura de porco.

Acrescente a rapadura e também um pouco de água. Espere cozinhar até soltar a borra da panela.

Coloque a cachaça e ferva.

Acrescente o aceto balsâmico reduzido.

Corrija o tempero, se for necessário.

Finalize o prato com a fritada de baroa montada em um aro, as costelinhas e o molho em cima da carne.

Serviço:
Instagram: @mercadocentralbh e @edsonpuiati

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.