Bolo de maracujá: perfumado e delicioso

Que tal um delicioso bolo de maracujá para começar bem a semana? Experimente!

Que tal um delicioso bolo de maracujá para começar bem a semana? Experimente!

Veja Também: Bolo de mandioca com erva doce

Bolo de maracujá

Da Série: Quintais e Quitandas de Minas Gerais*

Ingredientes:

– 5 ovos (separar as gemas das claras)

– 4 colheres (sopa) de manteiga

– 2 xícaras (chá) de açúcar cristal

– 2 xícaras (chá) de farinha de trigo

– 1 xícara (chá) de amido de milho

– 1 colher (sopa) de fermento em pó

– 1 xícara (chá) de suco de maracujá (ou a polpa batida)

Material

– 1 fôrma grande de bolo inglês

Preparo:

Em uma batedeira, bater as gemas, o açúcar e a manteiga, até obter um creme esbranquiçado.

Pôr a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento em pó.

Bater bem. Reservar.

Bater as claras em neve, acrescentar à mistura anterior e mexer bem. Pôr na fôrma untada e polvilhada com farinha de trigo.

Levar ao forno, pré-aquecido, por 25 minutos.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 20200710185307323993a.JPG
Bolo de Maracujá


Rica simplicidade

Ele foi para Casa Branca para ficar três dias, e já faz 23 anos que dali não arreda pé. “Aqui é um cantinho do céu”, afirma Pedro Paulo de Lacerda que, aos 73 anos, tem em Casa Branca uma rotina que, segundo ele, é para poucos. “Acordo cedo com o barulho dos pássaros, desejo bom dia às montanhas e tenho o prazer de mexer na minha horta e na minha cozinha. Nas grandes cidades, se vive trancado e com medo.

Aqui, isso não existe.” O que era apenas um passeio pelo distrito transformou-se em qualidade de vida para ele. E a pracinha central do lugar é sua segunda casa. Ali, durante os fins de semana, ocorre há 14 anos uma pequena feira, onde doceiras, artesãos e agricultores expõem seus produtos. Pedro é um deles. Para ir à sua barraca, é preciso estar com o olfato bem apurado. As broas e bolos, feitos por ele, exalam perfume.

“Tem de milho verde, coco e mandioca”, enumera. Mas o bolo de maracujá é o atrativo a que os olhos gulosos não resistem. O cheiro inconfundível da fruta se une ao paladar e até o azedinho ganha um toque sublime a cada mordida. Perfeito. Os elogios enchem de orgulho Pedro, que faz questão de dizer que o segredo do quitute está nos ares de Casa Branca. “Tudo que é feito aqui é gostoso”, garante. Satisfeito, nosso balão ganha impulso e decola.

O destino? Só os bons ventos e o paladar podem responder.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: o distrito de Casa Branca, município de Brumadinho está localizado no Território Central/Entorno

EA/TG – CENTRAL/ENTORNO

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
766
Article Categories:
Receitas