Filé ao molho de queijos: harmonizando com cerveja

Confira a receita de filé ao molho de queijos e a harmonização com cerveja do chef Juliano Caldeira.

Confira a receita de filé ao molho de queijos e a harmonização com cerveja do chef Juliano Caldeira.

Filé Mignon de boi ao molho de queijos com tomates secos

Por: Juliano Caldeira*

Ingredientes:

  • 250 gr filé mignon boi cortados em tiras
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 colher (sopa) manteiga

Modo de preparo:

Tempere os filés com sal e pimenta, numa panela quente, sele as tiras do filé com um fio de óleo e manteiga e reserve.

Ingredientes Molho queijo com tomates secos

  • 1 colher (sopa) manteiga
  • 1 colher (sopa) trigo
  • 300 ml leite frio
  • 50 gr queijo do serro curado
  • 50 gr mussarela de bufala
  • Sal a gosto
  • 50 gr tomates secos

Modo de preparo:

Numa panela quente, coloque a manteiga e misture com o trigo. Mexa bem até formar uma massa por 2 minutos. Vá adicionando o leite aos poucos sem parar de mexer. Coloque os queijos e misture até formar um molho espesso. Adicione os tomates secos e deixe incorporar ao molho. Acerte o sal no final se necessário. Caso queira um molho mais líquido, pode aumentar a quantidade de leite.

Sirva com torradas e pedaços de mussarela de búfala.

Filé ao molho de queijos com tomate seco – Chef Juliano Caldeira – Belo Horizonte

Harmonizando

A dica de estilo da Cerveja de hoje a Bohemian Pilsener

Uma cerveja lager, com muito caráter de malte e lúpulo, e com um final longo e arredondado. Complexa, mas bem equilibrado e refrescante. Esse estilo de cerveja tem um amargor moderado e o corpo médio, composto por sabores de malte doce, o que dá uma impressão arredondada que faz com que seja fácil de beber.

Harmonização:

Este é um prato leve, com carne sem gordura e molho suave, mas marcante devido aos tomates secos e leve caramelização da carne, pode harmonizar muito bem com nossa Bohemian Pilsener, devido sua presença de malte e lúpulo equilibrada, combinando muito bem com o queijo do molho.

A dica de hoje é a Bohemian Pilsener da Cervejaria Leopoldina. Ela é elaborada com maltes especiais e lúpulo do tipo Saaz, da região de Pilsner, na República Tcheca – um dos locais mais conceituados na produção cervejeira no mundo. A Bohemian Pilsner é do tipo pale lager, uma cerveja clara, de baixa fermentação, que se diferencia pela evidência do lúpulo Saaz. A coloração amarelo-dourado e sua refrescância fazem dela uma das mais pedidas entre todas as cervejas. Não filtrada, com um colarinho branco de excelente textura e consistência, apresenta aromas maltados e levemente florais. 

*Juliano Caldeira é chef de cozinha, especialista em cervejas artesanais e colaborador do Territórios Gastronômicos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
346
Article Categories:
ColunaReceitas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments