Receitas

Tricrocante: doce sabor da história de BH

HISTÓRIA ADOCICADA DE BH

Depois das aventuras no Mercado Central, os viajantes pedem doce, de preferência um chocolate daqueles que elevam o corpo e o espírito. Na dúvida, ninguém pensa duas vezes. Seguindo as boas indicações, todos se es- baldam com o tricrocante, produzido pela Lalka, a mais antiga empresa do setor em Belo Horizonte. São 80 anos de serviços prestados ao paladar, já pensou?

Na fábrica e loja da Avenida do Contorno, bairro Floresta, os proprietários Stanislau Zenon Grochowski e seus filhos, Arthur, Henryk e Roberto, apresentam o confeito, que mistura o puro “ao leite” à castanha-de-caju moída e flocos de arroz.

Por trás de tanta delícia, há uma história de luta e conquistas, que começa no início do século passado, quando os pais de Stanislau chegaram da Polônia, em busca da “terra da promissão” e abriram o negócio, em julho de 1925. “Ainda fabricamos os produtos daquela época, como a bala azedinha de maçã e o bombom de licorzinho, que per- manece como um dos nossos destaques”, conta Stanislau.

As receitas próprias e o processo artesanal garantem o sucesso à marca, que embala gerações com os bombons recheados com nozes, avelãs, ameixa, castanha-do-pará e castanha-de-caju, as balas de frutas e muito mais. Ao fim da visita, vem o inevitável “posso pegar mais um?” Seu Stanislau apenas sorri e oferece outro tricrocante

, convicto de que a qualidade é seu verdadeiro carro-chefe.

RECEITA:

Ingredientes:

  • 1 kg de chocolate ao leite
  • 200 g de castanha de caju moída
  • 200 g de flocos de arroz
  • 200 g de crocante moído (encontrado em casas de produtos de confeitaria)

Material

  • Papel-manteiga ou celofane

COMO FAZER

Derreter o chocolate, em banho-maria ou no microondas, misturando sempre, sem deixá-lo queimar.

Depois de derretido, e numa temperatura máxima de 40 graus, espalhá-lo no mármore, passando uma espátula até que ele fique frio e mole.

Pôr o chocolate numa vasilha e acrescentar os demais ingredientes.

Com uma colher de sopa, formar os doces sobre uma folha de papel-manteiga ou celofane e deixar endurecer.

Pode ser colocado na geladeira por dez minutos.

Tricrocante: Doce produzido pela Lalka , uma das mais tradicionais docerias de Belo Horizonte-MG

Receita fornecida por Stanislau Zenon Grochowski, de Belo Horizonte para o Projeto Sabores de Minas

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas gerais: o município de Belo Horizonte está localizado no Território Central/Região Metropolitana.

EA/TG – CENTRAL/REGIÃO METROPOLITANA
Territórios Gastronômicos

Posts Recentes

Todo dia é Dia do Queijo: peça pela internet e receba sua iguaria em casa

Hoje se comemora o dia do queijo, mas entendemos que todo dia é dia de…

6 horas atrás

Sabores do Vale: Pão Cheio – Patrimônio de Santa Rita do Sapucaí – MG

Estreia hoje a coluna Sabores do Vale da nova colaboradora do Territórios Gastronômicos Izabelle Carli.…

8 horas atrás

Receitas que bombaram em 2021: Biscoito Tareco – fofinho e de sabor único com queijo Minas Artesanal

Acompanhe as receitas que mais agradaram ao público em 2021. Confira a receita do Biscoito…

10 horas atrás

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

Uma receita simplesmente irresistível.

2 dias atrás

Merci Bar a Vin: Receita harmonizada – bacalhau confitado com purê de batata doce roxa

Confira essa receita especial de bacalhau com purê de batata doce do Merci Bar a…

2 dias atrás

Território Vegano: salada com frango

Uma alternativa saudável sem ingredientes de origem animal.

2 dias atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!