A História da Fazenda Estrela e seus Cafés Premiados

A história dos cafés especiais cultivados na Fazenda Estrela, no sul de Minas. É o que você vai conhecer na série “A Origem do Nosso Café”, na coluna do Coffee & Joy.

A história dos cafés especiais cultivados na Fazenda Estrela, no sul de Minas. É o que você vai conhecer na série “A Origem do Nosso Café”, na coluna do Coffee & Joy.

Por Débora Reis, Coffee & Joy*

Um legado passado de pai para filhos e que começou de forma simples. Sr. Edmundo ( in memorian) e sua esposa, Sra. Maria Tereza, moravam na Fazenda Estrela e produziam, além do café, mandioca, abacaxi, etc, e criavam gado. Pouco a pouco, foram comprando terras na região e ampliando a lavoura.

A cultura do café, todavia, começou pelos avós do Sr. Edmundo e ainda continua como tradição na família.

Hoje, os irmãos Adriana, Ana Cristina, Francisco e a matriarca Maria Tereza possuem uma vontade única de continuar o legado do Sr. Edmundo, trabalhando sempre juntos e unidos nas terras herdadas do pai e marido.

Sérgio Miranda, Maria Tereza, Adriana e Débora Reis ( Foto: Coffee & Joy)

Localizada no sul de Minas Gerais, na cidade de Três Pontas, a Fazenda Estrela está a 900 metros de altitude, e fica estrategicamente nos arredores da represa de Furnas, perto do distrito do Pontalete e só produz café 100% arábica.

Os atuais funcionários também são um legado da Fazenda Estrela e são muito queridos pelos proprietários. Todos moram na Fazenda, já trabalham há bastante tempo lá e também são de gerações de antigos funcionários. Assim como aconteceu com os avós do Sr. Edmundo, grande parte dos trabalhadores são netos e parentes das pessoas que estão lá desde o começo.

Secador utilizado na Fazenda Estrela ( Foto: Coffee & Joy)

A Fazenda Estrela coleciona prêmios de bebida de café. Em 2014, ganhou o prêmio de melhor café de uma cooperativa local e de grande influência no mercado de cafés do sul de Minas Gerais.

Sempre preocupados em melhorar, sem deixar de lado as suas tradições, a família tem interesse em aprimorar cada vez mais o método de produção do café especial.

O diferencial dos cafés especiais que são produzidos na Fazenda Estrela são, com absoluta certeza, o carinho e orgulho que os filhos e esposa do Sr. Edmundo têm por essas terras.


Sérgio Miranda, Vítor e Débora Reis durante a visita à Fazenda Estrela ( Foto: Coffee & Joy)

Para manter a tradição e alta produção, o solo é analisado por agricultura de precisão e corrigido de acordo com a recomendação dos agrônomos que acompanham a Fazenda. Possuem o método de manejo da lavoura chamado de Safra Zero, que consiste na aplicação programada de poda (esqueletamento) da lavoura a cada ano, de maneira a coincidir com o ano de safra alta, para zerar a safra baixa. Ou seja, um ano de alta produção de determinada lavoura e o seguinte de baixa, sendo um manejo da cultura que vem obtendo a adesão crescente de propriedades nos últimos anos.

A Fazenda Estrela, que já brilha no nome, possui variedades diferentes de frutos (acaiá, catuaí etc) e de processo de produção: o cereja descascado e o natural.

Nas visitas à Fazenda, a equipe Coffee & Joy optou por selecionar os cafés de variedades e processamentos diferentes para possibilitar uma melhor experiência nas sensações que a Fazenda Estrela pode proporcionar. Por isso, selecionamos dois cafés especiais, que passaram por processamentos diferentes.

O Acaiá Descascado passou pelo processo de despolpa (cereja descascado) e possui característica diferenciada, com um sabor suave e delicado.

Enquanto o Rei Sol passou pelo processamento natural, ou seja, foi lavado para separar maduro de bóia e depois seco em terreiro de cimento e possui características sensoriais típicas desse processamento.

Cafés especiais que têm gosto e sabor de onde foram cultivados, além de contar muita história dessa família que dá orgulho de se ver. Cada xícara é uma porção do legado que foi deixado pelo Sr. Edmundo e seus avós.

Visando proporcionar uma experiência inigualável na degustação da bebida, a equipe C&J escolheu para os cafés da Fazenda Estrela uma torra média que ressalta a doçura e acidez da bebida, sendo que a torra é feita artesanalmente. Cheiro e aroma de tradição da família Pereira e Silva também podem ser apreciados em cada xícara desses cafés diferenciados.

Conteúdo postado originalmente em Coffee & Joy: A História da Fazenda Estrela e seus cafés premiados

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
394
Article Categories:
Coluna