Doce de banana com rapadura: pra comer sem culpa

Uma receita bem simples saborosa e saudável, para você fazer e comer sem nenhuma culpa. Experimente!

Uma receita bem simples saborosa e saudável, para você fazer e comer sem nenhuma culpa. Experimente!

Doce de banana com rapadura

Da Série: Doces dos Quintais de Minas Gerais*

Ingredientes:

– 3 kg de banana-prata madura, sem casca

– 1 quilo e meio de rapadura em raspas

Modo de Preparo:

Descascar as bananas e retirar os fios.

Com um garfo ou espremedor, amassar as frutas e levá-las ao fogo, com a rapadura raspada, mexendo sempre, de preferência com uma colher de pau.

O ponto será obtido quando o doce estiver soltando da borda e do fundo do tacho.

Esperar esfriar e pôr em um pote esterilizado.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 20200710163700767444u.jpg

*Receita fornecida por Christia Azevedo, de Bocaiúva para o Projeto Sabores de Minas


Saúde que sai do tacho

Vai tudo para o tacho: aquelas que saíram das pencas e as que estavam com alguns machucadinhos.” Quem ensina é Christia Helena Azevedo, da feira itinerante de produtos orgânicos. Para as bananas orgânicas que, por algum motivo, não entraram nas sacolas dos fregueses, ela tem a solução: aproveitar as frutas para um quitute que deixa muita gente com raiva da balança: o doce de banana com rapadura. “É só derreter os dois ingredientes no tacho”, conta.

É aí que mora o perigo, pois é impossível não se lambuzar com a gostosura, ainda mais que a tentação fica melhor se devorada a colheradas. “Eu não consigo parar de comer. É bom demais da conta”, confessa. Mas, também pudera! Para fazer o doce, Christia viaja até a sua cidade natal, Bocaiúva, no Norte de Minas, a 369 quilômetros de BH. É na Fazenda Santa Helena, de sua família, que ela usa o tacho com a maestria de quem entende do assunto.

“Aprendi com minha mãe”, revela. E ainda aproveita a viagem para plantar frutas, verduras e legumes orgânicos para oferecer aos clientes. Nos próximos meses, ela tem novidades. “É o doce de rapadura com abacaxi e outro com mamão.” Enquanto aguardamos com ansiedade as delicias, que, segundo ela, fazem qualquer um “perder a compostura”, aproveitamos para devorar o doce de banana que, servido com um pedaço de queijo, é tentação para ninguém botar defeito.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: O município de Bocaiúva está localizado no Território Cerrado/ Pequi

EA/TG – CERRADO/PEQUI

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.