João deitado da Canastra: pamonha ou cobu com mandioca e queijo?

Conheça o cobu canastreiro, ou seria uma pamonha diferente? É o João João deitado, uma variação das tradicionais quitandas mineiras. Assada na folha de bananeira sem o fubá ou o milho, e é feito com mandioca e o famoso queijo artesanal da Canastra.

Conheça o cobu canastreiro, ou seria uma pamonha diferente? É o João João deitado, uma variação das tradicionais quitandas mineiras. Assada na folha de bananeira sem o fubá ou o milho, e é feito com mandioca e o famoso queijo artesanal da Canastra.

Veja Também: Aprenda a fazer uma receita rápida de pamonha caseira


João-deitado

Da Série Quintais e Quitandas de Minas Gerais*

Ingredientes:

– 500 g de queijo canastra

– 200 g de manteiga

– 2 pratos rasos de mandioca ralada, crua

– 1 dúzia de ovos

– 1 prato raso de açúcar

– 1 pitada de fermento em pó

– 1 pitada de sal

Material:

Folhas de bananeira

Preparo:

Descascar e ralar a mandioca.

Numa bacia, misturar todos os ingredientes, frios, menos a manteiga, que deverá estar quente.

Amassar e colocar de duas a três colheres da massa num pedaço de folha de bananeira.

Enrole e feche, virando as extremidades para baixo.

Assar em forno bem quente, de preferência em fogão a lenha, durante uma hora e meia.

No fogão a gás, também pode ser feito, numa temperatura de 240 graus.

O joão-deitado fica bom quando as pontas estiverem douradas.


*Receita fornecida por Tereza Emília de Lima Faria, de São Roque de Minas para o Projeto Sabores de Minas

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 20200710174311510679a.jpg

Para deitar e rolar

São Roque de Minas parece ser mesmo a cidade de nomes criativos e inusitados para alguns pratos de sua culinária. Depois do lobozó, é a vez do joão-deitado. Como no primeiro caso, ninguém sabe de onde surgiu tal denominação, mas quem se importa? Parecido com um cubu – aquele alimento feito de milho, usado pelos antigos tropeiros que seguiam rumo ao interior de Minas, até o início do século XX -, o joão-deitado é feito do queijo canastra.

Tereza Emília de Lima Faria, a dona Emilinha, de 58, sempre tem a quitanda em casa para agradar a família. O queijo canastra, aliás, merece uma atenção especial nesta viagem, já que os primeiros registros sobre sua fabricação remontam a 1860, conta João Carlos Leite, proprietário da Agro Serra, localizada a um quilômetro do Centro. Ele diz que a região é a única do País que faz o produto genuíno, com um sabor e processo de maturação, em ambiente natural, que só a Serra da Canastra pode conferir.

Para garantir o padrão de qualidade, ele exige o leite de rebanho sadio e água de qualidade, entre outros fatores de excelência. Na fazenda, o funcionário João Branco faz também o canastra real, de até seis quilos, que não pára de conquistar admiradores.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: O município de São Roque de Minas está localizado no Território Cerrado/Canastra

EA/TG – CERRADO/CANASTRA

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
2 0
Views:
278
Article Categories:
Receitas