Sabores de Goiás: receitas e etc… com a chef Carol Amorim

Iniciamos hoje mais uma série de cultura gastronômica regional brasileira com a chef Carol Amorim, que traz para os Sabores de Goiás. Veja a receita do famoso empadão goiano. Acompanhe!

Iniciamos hoje mais uma série de cultura gastronômica regional brasileira com a chef Carol Amorim, que traz para os Sabores de Goiás. Veja a receita do famoso empadão goiano. Acompanhe!

Chef Carolina Amorim

Boa tarde !

Hoje começo meu trabalho com o Territórios Gastronômicos, muito feliz com o convite e espero fazer a experiencia ser maravilhosa para todos .
Trabalho com gastronomia desde meus 18 aninhos. Sou mineira de BH , amante da cultura e da gastronomia mineira e sempre acompanhei os projetos gastronômicos da cidade. Fui chef executiva do Festival de Tiradentes (hoje Fartura), e de vários outros projetos.

Morei um tempo na Europa e descobri que queria era mesmo viver no Brasil. Então recebi um convite para chefiar uma casa em Goiânia, e chegando aqui me apaixonei! Hoje me considero Goianeira.(mistura de Goiana com Mineira ). A decisão de mudar para cá foi exatamente a busca de enriquecer a minha história. Mesclar vivências.

Então, nesse espaço com vocês, vou apresentar de tudo um pouco . Sem amarras, acho que vai ser legal pra todos nós. Para começar escolhi apresentar a receita do Empadão Goiano , um símbolo da cultura Gastronômica de Goiânia.

Sua presença nas mesas é muito mais que um prato, ele tem um valor simbólico, é consumido como num ritual! Ele é uma comida que abraça, que, quando servido exalta a importância da data, tem um valor sentimental e de afeto, que se iguala ao colo de vó. Sua receita, sempre tem um toque de acordo com a família que a executa, transformando-se em um patrimônio ou, até diria, num membro festivo .

Acredita-se que o ancestral do Empadão Goiano seja uma herança de Portugal/Espanha. Essa delicia surgiu há 150 anos atrás. A característica desta torta é ser feita em uma fôrma alta, para permitir uma grande quantidade de recheio. Sua borda diferente do empadão ou da empada tradicional é trançada (veja na foto). O recheio é mais cremoso, cujo resultado é uma mescla de sabores de carnes, é incrível !
Vamos lá para a receita:

Empadão Goiano: Um grande ícone gastronômico regional brasileiro

Empadão Goiano

Da Série: Quintais e Quitandas de Goiás*

Ingredientes:

Massa

500g de farinha de trigo;

125 g de manteiga

125 g de água;

Recheio

1 Frango inteiro,

4 dentes de alho,

1 cebola branca grande repicada bem pequenina,

1 colher de chá de açafrão,

1 colher de sopa de manteiga,

2 colheres de sopa de azeite,

150 g de linguiça fina fresca,

100 g de calabresa,

100 g de azeitona verde e preta sem caroço cortada em 4,

coentro repicado( à gosto ),

cebolinha (à gosto ),

sal

pimenta do reino ( à gosto )

200 g de guariroba em conserva,

300 g de muçarela ,

1 litro de caldo de frango ( caldo do cozimento do frango)

100 g de farinha de trigo,

1 ovo batido para pincelar a torta.

Preparo:

Massa:

Misture todos os ingredientes com as pontas dos dedos, até formar uma massa homogênea.

Passe um plástico filme e deixe descansar por 30 minutos.
Recheio:

Preparando a base do recheio : 1 frango inteiro, sal e água para cozinhar. Cortar o frango em pedaços menores para acelerar o cozimento, passar sal em todo o frango e levar para cozinhar até a carne começar a desmanchar. Ir completando a água – será aproveitado 1 litro do o caldo para a receita

Desfiar o frango descartando pele, ossos e cartilagens

Em uma panela colocar o azeite a manteiga , alho, cebola, a linguiça fresca sem a tripa e refogar tudo junto.

Quando a linguiça estiver quase cozida colocar a calabresa cortada em quatro e em fatias finas até dourar,

Colocar o açafrão, depois o caldo de frango, o frango desfiado, a farinha,

Mexer para dissolver a farinha e engrossar esse caldo até obter uma textura cremosa (foto).

Recheio cremoso

Colocar as azeitonas, a guariroba, o coentro, a cebolinha, pimenta do reino e acertar o sal.

Finalização

Esfarinhar a bancada de trabalho

Abrir a massa com o rolo,

Forrar a forma ( de preferencia uma forma de lateral removível).

Colocar o recheio (detalhe : o recheio deve estar frio)

Cobrir com muçarela toda a superfície,

Cobrir com outra parte da massa ( foto ).

Pincelar com o ovo batido para dar um dourado bem bonito.

Sempre deixar a borda mais alta para apertar com os dedos.

Assar em forno 180 graus ate dourar.

” É de comer rezando!”

“É de comer rezando!!!” chef Carol Amorim

Dica da Chef:

“Pulo do gato: você pode trocar a guariroba pelo pequi (existe em conserva para vender), muitas receitas misturam os dois , eu prefiro colocar um ou outro. E caso não tenha guariroba , coloque o palmito que você encontrar. No mais tenho certeza que vocês irão amar essa receita. Servir o Empadão Goiano com uma saladinha de folhas , tomatinhos cereja… fica tudo de bom!!!! Se você quiser, pode fazer em forminhas menores e individuais, lembrando que é importante ser mais alta do que as comuns. O empadão Goiano tem a massa fininha , bordas grossas, e muitooooooooo recheio !!! Beijos até a próxima!!!”

“Muiiiiitooo recheio” chef Carol Amorim

*Chef Carol Amorim: Chef Executiva Restaurante Kabanas – Go e nova colaboradora do Territórios Gastronômicos com foco na cultura gastronômica do estado de Goiás/ MBA em Gastronomia e Especialização em Cultura e Gastronomia Espanhola e Mediterrânea.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
2 1
Views:
890
Article Categories:
Coluna

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gilda Abramo

Parabéns, amada afilhada!!! Que privilégio em minha vida você existir! Faz tempo que conheço o seu trabalho. Quero conhecer e fazer as receitas. Muito sucesso nesta nova etapa da sua profissão.
Mil beijos