Picolé Mineiro: a nova sensação do churrasco

Aprenda com o Gaúcho a preparar o picolé mineiro, que é a costela de porco aparada, com um delicioso acompanhamento.

Aprenda com o Gaúcho a preparar o picolé mineiro, que é a costela de porco aparada, com um delicioso acompanhamento.

Por Elton Menchick*

Já consolidada, a tendência dos cortes nobres para churrasco se expande para além da carne bovina. A nova sensação dos açougues e boutiques de carnes da capital mineira é o Picolé Mineiro. Estamos falando da costela de porco aparada, que deixa à mostra um pedaço do osso no formato de um picolé.

Dê uma olhada na costela que está na mão do Gaúcho e descubra por que ela é conhecida como “picolé mineiro” (Foto: Foto: Elton Menchick)

Essa é a estrela do prato que eu, Elton Menchick, o “Gaúcho”, vou te ensinar a preparar. E tem mais: o picolé mineiro vai acompanhado da abóbora assada, além de um prato típico da minha região, a paçoca de pinhão ou farofa de pinhão.

Foto: Elton Menchick

Picolé mineiro com abóbora assada e farofa de pinhão

Ingredientes:
4 unidades de picolé mineiro (costela de porco aparada)
1 abóbora cabacinha
50g de molho chimichurri com limão siciliano
200g de pinhão cozido e descascado
200g de charque ou carne de sol artesanal dessalgada
1 cebola média picada
3 dentes de alho picados
1 colher (sopa) de banha de porco
2 colher (sopa) de molho barbecue
2 coher (sopa) de geleia de jabuticaba
15ml de vinagre de maçã ou vinagre de vinho tinto
Azeite de oliva
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Começamos pela abóbora cabacinha, enquanto o braseiro acende. Corte a parte do pescoço da abóbora em quatro fatias iguais. Reserve a outra parte para outros preparos.Em uma assadeira, espalhe um fio de azeite de oliva no fundo e acomode as fatias de abóbora temperadas com molho de chimichurri e sal a gosto. Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno, que deve estar preaquecido a 200°C por 20 minutos. Depois, retire o papel alumínio, vire as fatias de abóbora e deixe por mais 20 minutos.

Coloque os picolés mineiros para assar lentamente, em braseiro baixo, virando a cada 10 minutos.

Tradicionalmente, a paçoca de pinhão ou farofa de pinhão é feita com o pinhão cozido e triturado em um moedor de carne, juntamente com as carnes que acompanham essa receita. Se tu tiveres acesso a um moedor, podes usá-lo para esse preparo ou, com a ajuda de um processador ou liquidificador, triture os pinhões cozidos até formarem grãos pequenos. Divida esse processo em três ou quatro etapas para não forçar seu eletrodoméstico. Em seguida, triture o charque até obter textura de carne moída.

Em uma panela quente, coloque a cebola e o alho para refogar na banha de porco. Tempere com pimenta do reino moída a gosto. Adicione o charque e deixe refogar por alguns minutos. Em seguida, adicione o pinhão triturado, misture bem e acerte o sal, se necessário. Mantenha em fogo baixo por alguns minutos para que o pinhão absorva sabor.

Para o glace de jabuticaba, adicione o molho barbecue e a geleia de jabuticaba em uma panela morna, para que a geleia derreta. Adicione o vinagre, misture bem e reserve até a hora de servir.

Antes de tirar as abóboras do forno, aumente o braseiro dos picolés mineiros, finalizando a cocção até atingirem o ponto desejado ou até que estejam dourados. Aproxime a parte da pele no braseiro para pururucar. Pincele as laterais do picolé mineiro com o glace de jabuticaba, preservando a pururuca.

Retire as abóboras do forno e sirva uma fatia no prato, acomode sobre ela um picolé mineiro e, ao lado, uma porção da paçoca de pinhão.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Serviço:
Instagram: @bbqgaucho

Elton Menchick é colaborador do Territórios Gastronômicos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
7 0
Views:
742
Article Categories:
Receitas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments