Doces e Quitandas

Pastéis de nata: confira mais uma receita das mestras quitandeiras de Paracatu

Pastel de nata

*Da Série: Quintais e Quitandas de Minas Gerais*

Pasteis de nata – Receitas da Mestra Lazy de Paracatu-MG (foto: Jair Amaral)

Ingredientes:

Para a massa:

  • 500 g de farinha de trigo
  • 1 ovo
  • 1 concha e meia de óleo
  • 1 colher (café) de sal
  • 1 xícara (chá) de água

Para o recheio:

  • 4 litros de leite in natura (não pasteurizado)
  • 500 g de açúcar
  • 4 gemas
  • 100 g de coco ralado

Para finalizar:

  • Canela em pó e açúcar refinado

Material:

  • Cilindro

Preparo:

Para o recheio, levar o leite ao fogo e, com uma escumadeira, retirar a nata e reservar (só ela será usada).

Misturar com os demais ingredientes e deixar na geladeira por um dia.

Para a massa, misturar os ingredientes e sovar bem.

Quando estiver bem consistente, dar leves batidas com a massa em uma gamela.

Pôr em um saco plástico e deixar na geladeira por um dia.

Abrir a massa em um cilindro, de modo que fique com espessura bem fina e cerca de 15 cm de largura, que pode variar dependendo do tamanho desejado para os pastéis.

Pôr colheradas do recheio espaçadas no centro da massa aberta.

Juntar as duas extremidades e, com a boca de um copo americano, fazer cortes em meia lua, para formar os pastéis.

Se preferir, cortar círculos da massa com a boca do copo, pôr o recheio e fechar um a um.

Fritar em óleo quente, suficiente para cobrir.

Passar, ainda quente, no açúcar com a canela.

*Receita fornecida por Lazy Ulhoa Bijos, de Paracatu, para o Projeto Sabores de Minas

Mestra Quitandeira Lazy Ulhoa de Paracatu-MG (foto: Jair Amaral)


Causos que alimentam

As folhas amareladas do caderno denunciam seu longo tempo de uso, mas é na primeira página que se confirma, para a surpresa dos viajantes, a data em que foi escrito: 1936. Nessa preciosidade estão preservadas receitas copiadas com letra caprichosa da avó de Lazy Ulhoa Bijos, uma das figuras mais importantes de Paracatu quando o assunto é culinária. É do caderno, guardado com zelo e carrinho, que ela tira inspiração para preparar iguarias que atravessam gerações e contam um pouco de história.

É o caso dos delicados pastéis de nata, uma relíquia gastronômica trazida de Portugal pelo bisavô. “Ele veio atrás do meu tataravô, que se apaixonou pela Chica da Silva, e não voltou para o país”, conta. Segundo Lazy, teria sido o tataravô o responsável por fazer todas as vontades da famosa escrava e tê-la transformado na legendária personagem. Tantos causos são contados em volta da grande mesa da cozinha da quitandeira, que cultiva por esse lugar um caso de amor de longa data.

Afinal, foi na infância que Lazy, hoje com 74 anos, deu os primeiros passos na arte de cozinhar: “Perdi minha mãe aos 9 anos e aprendi a cozinhar com meu pai, tias e avós”. O papo doce e sereno é ingrediente que dá mais gosto ao fim de tarde, que ainda reserva mais uma deliciosa surpresa.

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: o município de Paracatu está localizado no Território Cerrado/Paracatu

EA/TG – CERRADO/PARACATU

Territórios Gastronômicos

Posts Recentes

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

Uma receita simplesmente irresistível.

8 horas atrás

Merci Bar a Vin: Receita harmonizada – bacalhau confitado com purê de batata doce roxa

Confira essa receita especial de bacalhau com purê de batata doce do Merci Bar a…

18 horas atrás

Território Vegano: salada com frango

Uma alternativa saudável sem ingredientes de origem animal.

1 dia atrás

Sorvete de manjericão

Uma receita refrescante e com um sabor inconfundível.

1 dia atrás

Mapa dos Territórios Gastronômicos de Minas Gerais: Território Central

Saiba como foi estabelecido o Mapa do Território Gastronômico Central de Minas Gerais e veja…

2 dias atrás

Alergia com Alegria: receitas da Maria – Biscoitinhos com chocolate

Acompanhe mais uma receita da chef mirim Maria Clara para pessoas com restrições à lactose…

2 dias atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!