Tudo sobre a Pressca: a cafeteira portátil - Territórios Gastronômicos

Tudo sobre a Pressca: a cafeteira portátil

Já pensou em fazer o seu café em qualquer lugar? É o que Pressca possibilita. A equipe do Coffee&Joy testou a cafeteira portátil e você confere o resultado da experiência.

Café especial

Já pensou em fazer o seu café em qualquer lugar? É o que Pressca possibilita. A equipe do Coffee&Joy testou a cafeteira portátil e você confere o resultado da experiência.

Por Débora Reis, Coffee&Joy*

Você já pensou em fazer café em qualquer lugar? Essa é a proposta da Pressca: uma cafeteira portátil que faz um café gostoso e de um jeito prático. Apesar de facilitarem bastante o dia-a-dia, muita gente tem receio dessas cafeteiras portáteis. Vamos descobrir se elas realmente valem a pena?

Vìdeo: Coffee&Joy

A Pressca é uma cafeteira bem versátil para café. Ela foi criada por um barista brasileiro em 2016. Ela é feita de plástico resistente e livre de BPA. A grande proposta dela é fazer um bom café com muita praticidade. Afinal, quem é que não gosta de descomplicar a vida?

A cafeteira é composta pelo corpo e o êmbolo. O corpo possui dois copos, um externo e um interno, para auxiliar no isolamento térmico. Já o êmbolo é composto por um filtro de aço inoxidável e uma borracha.

Café especial
Foto: Coffee&Joy

Uma das vantagens da Pressca é que ela é completamente desmontável. Isso facilita – e muito – a limpeza.

Dicas para fazer café na Pressca

Utilizar a Pressca já é algo muito simples e que não demanda muito esforço. Mas temos algumas dicas para facilitar ainda mais:

1. Você pode já colocar o seu pó de café dentro da própria cafeteira, para economizar nos recipientes.

2. Se você não tem como ferver a água, levar uma garrafa térmica com água fervida para fazer o café na hora é a melhor opção.

Mas atenção: lembre-se de utilizar um pouco da água para limpar a garrafa térmica e esquentá-la para receber o café. Depois, é só descartar a água utilizada na Pressca e fazer o possível para manter a temperatura da água na garrafa térmica, evitando que o ar entre na garrafa, fechando-a rapidamente e abrindo novamente somente quando for utilizá-la.

Fazendo isso, nos nossos testes, a água se manteve a 86°C depois de 2 horas. Com a água nessa temperatura, é possível ter um bom café com uma infusão de 4 minutos.

Fazendo café

Café especial
Foto: Coffee&Joy

Utilizar a Pressca é bem fácil. Ela tem capacidade para até 350ml – tem a marcação do limite máximo de capacidade dela no interior do corpo – mas para caber o pó de café, resulta em aproximadamente 300ml de café.

Por ter esse filtro de inox, de malha fina, ela entrega um café bem parecido com o da Prensa Francesa. A gente já sabe que não existe café específico para cada método de preparo, mas o conselho que damos aqui é escolher o café que já tem naturalmente as características que o método de preparo realça.

Café especial
Foto: Coffee&Joy

Como o preparo é infusionado e a extração é pelo filtro de inox, nós optamos por utilizar um café com mais doçura e corpo: o Copo de Leite, da assinatura Coffee&Joy, que é um café frutado com notas cítricas mas também é doce, com notas de bala de leite e leve floral. E a doçura é exatamente o que pretendemos ressaltar nesse café.

Como em qualquer outro método de preparo, é primordial limpar a Pressca antes de utilizá-la, jogando um pouco de água quente para escaldar e já deixando-a aquecida para receber o café.

Café especial
Foto: Coffee&Joy

Para 300 ml de água, utilizamos aproximadamente 20g de pó de café. A moagem pode ser a média ou grossa, mas optamos pela média – uma vez que a malha fina não deixa passar muito pó.

Fazer a pré-infusão é opcional. Nós optamos por colocar a água toda de uma vez e já posicionar a tampa no corpo da Pressca para evitar a perda de temperatura e manter assim por um minuto. Depois desse tempo, é interessante dar uma mexida no café para garantir que todos os pozinhos sejam extraídos. Em seguida, posicione a tampa no topo do corpo da Pressca novamente e aguarde, no mínimo, 3 minutos.

Café especial
Foto: Coffee&Joy

Normalmente, nos métodos coados ou filtrados, o tempo de extração é de 3 minutos e meio. Mas como nesse caso, a água não estava na temperatura máxima, foi necessário aumentar um pouco o tempo de extração total.

E o café não fica frio!

Ele fica na temperatura ideal para ser apreciado, uma vez que o paladar humano não é capaz de sentir gosto em temperaturas muito altas.

Completando o tempo, basta abaixar o êmbolo e servir. Dá para tomar o café direto na Pressa ou em xícaras. Vai da sua preferência.

Resultado e considerações

A Pressca é uma das cafeteiras mais práticas que existem. Por ser portátil, ela pode ser levada para qualquer lugar. Mas não é só isso: também dá para usá-la em casa. Não há nada que impeça. Além disso, o custo-benefício é ótimo e a durabilidade também.

Para limpar, é bom desmontar toda a cafeteira e levar à agua corrente. Para a armazenagem, o ideal é que ela seja feita com as peças separadas também.

O café entregue pela Pressca é doce e bem encorpado, uma vez que não tem filtro de papel – consequentemente, chegam mais óleos à xícara. Quanto mais tempo o café ficar na Pressca, mais ele vai infusionar – ou seja, não vai parar de extrair, ficando mais “forte” a cada gole.

Conteúdo originalmente publicado em Coffee&Joy: Tudo sobre a Pressca: a cafeteira portátil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
501
Article Categories:
Coluna
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments