Feira Aproxima realiza edição memorável no BH Shopping

Os pratos saborosos e as homenagens marcantes fizeram do evento uma atração excepcional.

Por Augusto Albertini*

Em clima de homenagem e descontração, a Feira Aproxima reuniu produtores e grandes chefs em um evento repleto de gastronomia e lazer no estacionamento do BH Shopping, em Belo Horizonte, neste sábado (29). Todo o cardápio da feira seguiu as receitas do livro de Dona Lucinha, que foi a grande inspiradora desta edição.

Veja Também: Feira do Projeto Aproxima valoriza os produtores mineiros

A feira manteve a tradição de trazer diversas atrações gastronômicas de diferentes partes de Minas Gerais. Os produtores expuseram delícias como: queijos, hortaliças, frutas e legumes agroecológicos, cafés, quitandas, doces artesanais, vinhos, cervejas, cachaças, geleias e temperos. Além disso, o cardápio do evento contou com pratos tradicionais da cozinha de Dona Lucinha, preparados pelas mãos de grandes chefs, como: Ederson Campos, Cidinha Lamounier, Rosilene Campolina, Edson Puiati, Eduardo Avelar, Elmo Barra e muitos outros.

Entre os pratos servidos na feira, foi possível encontrar opções como: Feijão tropeiro com carne de panela; fubá suado; costelinha de porco com cama de angu de ora-pró-nobis com rapadura; Cubos de Lombo de Panela com farofa de fubá torrado, entre outros.

Eduardo Maya, curador e idealizador do evento, destacou os esforços para concretizar esta edição, segundo ele as homenagens à Dona Lucinha são mais do que merecidas. “Ela era minha escada, sempre me jogando para cima, sempre sendo muito generosa. Eu fiz isso de coração.” contou.

Estandarte em homenagem à Dona Lucinha (Foto: Augusto Albertini)

O restaurante Dona Lucinha também participou ativamente das homenagens, com uma grande barraca que serviu pratos como: canjica, quentão e doces. Márcia Nunes, filha de Dona Lucinha, exaltou o carinho com que a feira foi pensada e montada. “Nós nunca vivemos um momento com tanta comoção, tanta delicadeza e intensidade. Mamãe baixou aqui hoje!” destacou.

Esta foi a primeira vez que o evento ocorreu no BH Shopping. O espaço foi ocupado com música ao vivo, apresentações de cordel e uma quadrilha de festa junina. Além das comidas e bebidas, foram instaladas barracas de sustentabilidade, que venderam produtos feitos por mulheres em vulnerabilidade social, com materiais ambientalmente corretos.

(Foto: Augusto Albertini)

*Augusto Albertini
Jornalista e colaborador do Territórios Gastronômicos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
133
Article Categories:
Acontece