Uvas, Vinhos e Poesia

Em versos, a poesia das uvas e seus vinhos…

Em versos, a poesia das uvas e seus vinhos…

Por Eduardo Avelar

Olá amigo da cozinha,

faz tempo que não falamos de vinhos aqui nos Territórios Gastronômicos.

Hoje, viajando pelas redes sociais, me deparei com uma mensagem de um dileto amigo e confrade, apreciador de viagens e vinhos , o querido Rogerão da Celina.

Na mensagem, uma deliciosa poesia de um autor desconhecido, pelo menos por nós dois..

Busquei a autoria pesquisando no “São Google” pelo nome que estava abaixo dos versos (Celso Cruz) e, me parece, pelo estilo de outros versos encontrados, ser do Celso Cruz, um cordelista do sertão .

Se não for dele que me perdoem , mas resolvi compartilhar com você.

Valeu, Rogerão!

Um brinde à poesia!

Videiras

🍇🍇🍇🍇
Aprendi nome das uvas
Cada lenda, cada história
Guardei na minha memória
Que é pra conversar bonito
Pra passar por erudito
Por um bom entendedor
Eu sou um bom bebedor
Gosto de uma boa bebida
Com uma boa comida
Harmonizando o sabor

🍇🍇🍇🍇
Cabernet Sauvignon
Presente em toda taverna
Cabernet vem de caverna
Sauvignon de selvagem
Vai do calor à friagem
Se adaptando a cada clima
Um cruzamento “obra-prima”
É do século dezesseis
E vou dizer pra vocês
É uva de minha estima

🍇🍇🍇🍇
A francesa Merlot
O seu significado
Diz-se ter se originado
Do pássaro “merle” pequeno
Abundante em terreno
Onde a uva era plantada
Sua cor preto azulada
Seu gosto por ela madura
Era a praga da cultura
Em outra época passada

🍇🍇🍇🍇
E veio lá da Borgonha
A uva pinot Noir
Depende do terroir
De onde é extraída
O buquê, sua bebida
A sua coloração
É a uva camaleão
Muda de aroma, de cor
Uva de fino sabor
Requer harmonização

🍇🍇🍇🍇
Sucesso do Uruguai
Tannat, uva francesa
Vai bem com a sobremesa
Com um assado de vitela
Um churrasco de costela
Pois seus taninos marcantes
Tem poderes antioxidantes
Eu mesmo acho adorável
Final longo, memorável
Vinhos Intensos e elegantes

🍇🍇🍇🍇
De nome Petit Verdot
Uva de cacho pequeno
Própria de clima ameno
Demora amadurecer
Entre o plantar e o colher
Ela mostra-se resistente
Brota precocemente
Me garantiu meu vizinho
Que é expert em vinho
E de Bordeaux é procedente

🍇🍇🍇🍇
Chianti, Rosso, Brunello
Favorece a minha tese
Que a uva sangiovese
Essa cepa italiana
Da região da Toscana
É história engarrafada
Na Itália ela é amada
Desde a Roma antiga
Existe quem contradiga
A história aqui contada

🍇🍇🍇🍇
A uva perdida de Bordeaux
Carmenére, me encanta
Seu sabor se agiganta
Com um harmonizar propício
Ótimo custo benefício
E se bem harmonizado
Mesmo americanizado
É uma de cepa divina
Em toda América Latina
Esse vinho é encontrado

🍇🍇🍇🍇
Syrah, Shiraz “Darou-é-shah”
Ou o remédio do Rei
Pelo que pesquisei
E ouvi do meu amigo
Se discordarem eu não ligo
Bom de harmonização
Ótimo pro coração
Sabor intenso e profundo
No novo e no velho mundo
Sempre desperta paixão

🍇🍇🍇🍇
Malbec, uva francesa
Sucesso na Argentina
Sempre uma bebida fina
De Mendonza à Patagônia
Eu digo sem parcimônia
O Patagão prefiro eu
Estando no apogeu
Com o seu sabor marcante
É um vinho mais elegante
Bem ao estilo europeu

🍇🍇🍇🍇
Nebbiolo vem de “nebbia”
Que traduz-se em nevoeiro
Foi o meu amor primeiro
Um vinho piemontês
Eu vou dizer pra vocês
Se bebo sinto saudade
Sem nenhuma vaidade
Se junto à pessoa amada
Com uma boa macarronada
Meu nome é felicidade

🍇🍇🍇🍇
Que dizer da Tempranillo
Uva ilustre da Espanha
Com uma enorme façanha
De três mil anos de história
Se não me falha a memória
É a que primeiro amadurece
E pelo que me parece
“Temprano” é precocidade
O vinho é a felicidade
Que em garrafa se oferece.

(Celso Cruz)

Veja também:

Um bom dia com poesia…Ainda sobre o Feijão Tropeiro

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 0
Views:
380
Article Tags:
Article Categories:
Ingredientes e Utensílios